Home > Notícias
17/10/2018 16h10min

Museu da Empatia Feminista organizado por alunas alerta para violência às mulheres

Seis alunas de costas vestindo camisetas pretas com dados sobre violência contra mulher e Tawane Theodoro ao centro, olhando para frente, e apontando para as alunas

Recital de poemas com Tawane Theodoro, organizadora do Sarau do Capão, marcou a abertura da exposição

Indignação e comoção. Esses foram alguns dos sentimentos provocados no público que visitou o Museu da Empatia Feminista ao ter contato com 30 histórias reais de mulheres que sofreram situações de violência e abusos sexuais e psicológicos.

A iniciativa é resultado de um projeto desenvolvido por alunas do programa Aprendizagem do Senac Lapa Faustolo.

Elas coletaram os depoimentos, organizados na forma de texto e áudio, e apresentaram o acervo em uma exposição. As vítimas cederam objetos pessoais, que foram exibidos na mostra. Para ouvir os áudios dos relatos, bastava escanear um QR Code instalado nesses objetos.

Uma projeção expôs notícias sobre diferentes formas de violência contra a mulher. Outro espaço da mostra confrontou a cultura do estupro. Elas destacaram que roupas não justificam a violência e lembraram que esse tipo de crime surgiu antes da criação da minissaia.

Na abertura da exposição, as alunas foram de camisetas personalizadas com frases e dados sobre a violência contra a mulher. Elas alertaram que, no Brasil, uma mulher é estuprada a cada 11 minutos e a cada 2 horas uma mulher é morta.

O evento incluiu um recital de poema com Tawane Theodoro, organizadora do Sarau do Capão, que costuma ser realizado nas Fábricas de Cultura, no Capão Redondo, periferia da capital.

Cerca de 400 pessoas prestigiaram a exposição. 
Após visitar a mostra, o público era convidado a escrever como estava se sentindo. Frases de apoio às vítimas e em defesa das mulheres foram registradas e expostas. 

Com o sucesso da ação no Senac Lapa Faustolo, o Museu da Empatia também foi exposto nas unidades Santos, Osasco e Limeira. Outras unidades também devem receber a exposição (confira programação).

Relações humanas
Além de dar visibilidade à causa, o objetivo do museu foi despertar a empatia nas pessoas em geral e a sororidade entre as mulheres. A inspiração do projeto das alunas veio de um museu de Londres chamado Caminhando em Seus Sapatos, que provocou reflexões sobre as relações humanas por meio de uma experiência sensorial.

Foram oito meses de trabalho entre a busca por depoimentos, que surgiram por meio das redes digitais e por indicações, e a montagem da exposição. As alunas contaram com as orientações das docentes Kelly Cristina Ribeiro da Rocha e Adriana da Silva Lozano Pires.

"O objetivo sempre foi o de ajudar essas mulheres a superarem seus medos compartilhando histórias, a fim de que elas percebessem que não estão sozinhas", diz a aluna Giovanna Loli.

"As jovens tiveram iniciativa, criatividade, organização, análise crítica e, principalmente, foram protagonistas no processo de ensino-aprendizagem, que vai ao encontro de nossa Proposta Pedagógica", afirma a docente Adriana.

"Esse grupo nos provou que eles são de uma geração que conversa de forma aberta. E que falar sobre essas e outras questões é fundamental e inevitável", finaliza a docente Kelly.

Conheça o programa Aprendizagem do Senac São Paulo.

Notícias relacionadas:
- Projeto Entrelinhas mostra crochê como aliado da ressocialização de detentos
- Projeto Entrelinhas mostra crochê como aliado da ressocialização de detentos


Tags: Museu da Empatia Feminista, Programa Aprendizagem, Senac Lapa Faustolo, abuso sexual, aprendiz Senac, experiência sensorial, exposição, feminismo, sororidade, violência contra a mulher, violência doméstica


Últimas notícias

04/12/2019
02/12/2019
02/12/2019
29/11/2019
29/11/2019
Conhecimento territorial da periferia foi foco do Webinar Senac
29/11/2019
Rede de bibliotecas do Senac São Paulo amplia seu acervo de e-books
27/11/2019
Centro Universitário Senac - Águas de São Pedro divulga lista de aprovados para o curso de Cozinheiro
22/11/2019
Descontos Senac
21/11/2019
Cinco títulos do Senac recebem nota máxima do MEC
13/11/2019
Cursos Cozinheiro e Garçom têm novas turmas em 2020
12/11/2019
Como a moda pode ser mais diversa em um mercado em transformação?
12/11/2019
Centro Universitário Senac apresenta o Programa de Parcelamento Estudantil
29/10/2019
Centro Universitário Senac - Águas de São Pedro divulga lista de aprovados para a turma de Cozinheiro
29/10/2019
Centro Universitário Senac abre processo seletivo para professores
24/10/2019
Como pais e filhos podem conversar sobre a escolha de uma profissão do futuro?
22/10/2019
Senac Botucatu celebra 70 anos
21/10/2019
Senac São Paulo conquista pela 18ª vez o prêmio Top of Mind de RH
10/10/2019
Aprendizagem Técnica em Informática será oferecida em 5 unidades da capital e Grande São Paulo
04/10/2019
Alunos de moda revelam criações e essências em evento interativo
04/10/2019
Alunos de tecnologia conhecem os supercomputadores do CPTEC e INPE

Próximos Eventos

Instagram (@senacsaopaulo)