Home > Notícias
23/07/2018 10h

Prédio sustentável e tratamento de resíduos sólidos marcam visitas de alunos

Alunos reunidos lado a lado no hall do edifício Pátio Victor Malzoni

Edifício Pátio Victor Malzoni foi um dos espaços visitados pelos alunos de pós-graduação do Senac Jabaquara

Quem passa pela avenida Brigadeiro Faria Lima, uma das principais vias da zona oeste da capital paulista, já deve ter notado o edifício Pátio Victor Malzoni: um grande prédio espelhado com um vão livre que serve de moldura para uma pequena casa bandeirista do século 18, tombada desde a década de 1980.

Com 20 andares e seis subsolos, o local é conhecido por abrigar, entre outras empresas, a sede do Google no Brasil. Ele também é reconhecido pelos diversos elementos sustentáveis que o compõem - e que foram explorados de perto pelos alunos da pós-graduação em Construção Sustentável e Certificação Ambiental em Empreendimentos Imobiliários do Senac Jabaquara.

Primeiro edifício autossustentável do País, o Malzoni possui três sistemas de tratamento de água no condomínio, reaproveitando a água da chuva, dos lavatórios e chuveiros, e do lençol freático. O espaço ainda conta com uma central de gestão de resíduos, que produz mensalmente toneladas de adubo por meio da compostagem e que são destinadas para a horta subterrânea. Essas e outras ações sustentáveis levaram o edifício a conquistar o certificado Leed - Leadership in Energy and Environmental Design. 

“Ter conhecido os processos construtivos, as instalações internas e a gestão da operação do Pátio Victor Malzoni me proporcionou um contato próximo e a visão realista do sucesso de um empreendimento. Certamente gerou motivação em aprender mais e empreender em construções sustentáveis”, conta o aluno José Helder da Silva.

Resíduos sólidos
Os colegas da turma da pós-graduação em Gerenciamento de Resíduos Sólidos do Senac Jabaquara também realizaram uma visita técnica para acompanharem na prática a operação da Central de Tratamento de Resíduos do Serviço de Saúde da empresa Loga, instalada no antigo Aterro Sanitário Municipal de São Paulo, na Rodovia dos Bandeirantes.

Na ocasião, os alunos tiveram a oportunidade de conhecer a forma e o controle de recebimentos desses resíduos, além do processo de desinfecção por autoclavagem. 

Nele, os resíduos de serviços de saúde são expostos a uma temperatura de 150°C, com a injeção de vapor d’água em alta pressão por até 40 minutos, considerando toda a operação para desinfecção.

Os alunos ainda conheceram a forma de monitoria da eficiência do processo de desinfecção por indicadores biológicos ou químicos, assim como o processo de trituração e envio para caixas compactadoras. 

Para atender o padrão técnico e permitir a disposição final ambientalmente adequada, esses resíduos são transferidos para outra empresa, uma vez que passam a ser classificados como resíduos comuns. 

Dessa maneira, os alunos foram conhecer as instalações da Unidade de Valorização Sustentável Caieiras Essencis para observarem a gestão integrada das alternativas de destinação e disposição final de resíduos sólidos. 

Lá, a turma recebeu informações da operação dos aterros classe um, com resíduos perigosos, e classe dois, com resíduos não perigosos. Os estudantes também conheceram dados sobre a unidade biotérmica, o galpão de logística reversa, o galpão em preparo para blindagem e a unidade de dessorção térmica, além de visitarem o laboratório do local, onde obtiveram explicações detalhadas sobre os processos para verificação e aprovação dos recebimentos dos resíduos operados nas unidades, o processo de auditoria de documentos e a verificação analítica para garantir a rastreabilidade. 

A visita foi concluída com a verificação na frente de trabalho do aterro sanitário, com a atividade de recebimento dos resíduos, operações de espalhamento e compactação dos resíduos dispostos e, por fim, a cobertura do aterro com colocação de grama, infraestrutura dos drenos de gás metano e coleta de águas pluviais e de chorume.

“A atividade em campo foi crucial para fixar os conceitos ministrados em sala com um caso prático, no qual os alunos conseguiram visualizar outras operações e ter uma clara visão das etapas dos processos envolvidos”, diz a professora Luiza Galdeano.

Energia
A Unidade de Valorização Sustentável Caieiras Essencis também recebeu a visita de alunos da pós-graduação em Gestão e Economia de Energia e Direito e Gestão do Meio Ambiente do Senac Jabaquara. 

As turmas acompanharam uma palestra com uma das engenheiras da unidade, que abordou as tecnologias ambientais disponíveis no local, entre outros aspectos operacionais. 

Na sequência, os estudantes observaram de um mirante os diferentes módulos de ação da empresa, onde funcionam as células de aterramento de resíduos, a unidade geradora de energia por biogás, a unidade de queima de biogás para redução de metano, de descontaminação de solos por dessorção térmica e a central de valorização de resíduos.

“Os alunos puderam ver aspectos da gestão do aterro, visualizando toda a energia envolvida na gestão ambiental e nas ações de sustentabilidade em um país em desenvolvimento. Eles tiveram contato com o projeto de captação de metano, que é um dos gases de efeito estufa, em um projeto inovador, que vem crescendo após a ratificação do Protocolo de Kyoto”, afirma a professora Josilene Ferrer.

Conheça os
cursos na área de meio ambiente que o Senac Jabaquara oferece.

Notícias relacionadas:
- Alunos acompanham impacto do trabalho de catadores na gestão de resíduos sólidos
- Alunos acompanham impacto do trabalho de catadores na gestão de resíduos sólidos
- Com papel estratégico, gerenciamento de resíduos une sustentabilidade e economia
- Com papel estratégico, gerenciamento de resíduos une sustentabilidade e economia
- Segurança do trabalho é essencial para prevenir acidentes em espaços confinados
- Segurança do trabalho é essencial para prevenir acidentes em espaços confinados
- Segurança do trabalho é essencial para prevenir acidentes em espaços confinados


Tags: Gerenciamento de Resíduos Sólidos, Senac Jabaquara, Senac São Paulo, edifícios sustentáveis, meio ambiente, prédio autossustentável


Últimas notícias

21/08/2019
16/08/2019
15/08/2019
Aplicativo criado por alunas facilita atendimento podológico domiciliar
15/08/2019
Alunos participam de conferência de desenvolvedores da Apple na Califórnia
07/08/2019
Aprendizes compartilham possibilidades com jovens em diferentes espaços
07/08/2019
Evento Farmácia em Cena discute relação entre a saúde e a agenda da ONU
06/08/2019
Visitas a empresas apresentam novas práticas de administração a alunos
05/08/2019
Vivência apresenta possibilidades profissionais a jovens da Fundação Casa
05/08/2019
Senac Registro oferece bolsas para indígenas e quilombolas do Vale do Ribeira
05/08/2019
Sonho é para se realizar
05/08/2019
Alunos de moda produzem peças para Santa Casa de Araçatuba e vivenciam rotina de confecção
05/08/2019
O jeito de aprender que todos ganham
05/08/2019
Senac está com inscrições abertas para cursos técnicos EAD
05/08/2019
Vencer limites e agarrar oportunidades cabem em qualquer idade
05/08/2019
Organização de evento temático promove integração e novos aprendizados
02/08/2019
Centro Universitário Senac abre processo seletivo para professores
01/08/2019
Projeto em São José dos Campos instiga o interesse de alunos pela ciência
26/07/2019
Centro Universitário Senac divulga resultado do processo seletivo para professores
24/07/2019
Turmas praticam conhecimentos e levam serviços de beleza a idosos
23/07/2019
Feira Senac de Carreiras facilita acesso de alunos a vagas de estágio e emprego

Próximos Eventos

Instagram (@senacsaopaulo)