Senac São Paulo

Cursos Livres

Doceiro

O doceiro é o profissional que possui uma visão ampla do cotidiano da confeitaria, sendo capaz de executar as diversas atividades em padarias e doçarias, ou em seu próprio negócio.

Desenvolva os conhecimentos, atitudes, valores e habilidades específicos da profissão, com repertório conceitual e prático. Vivencie, da montagem à finalização e embalagem, as produções típicas da doçaria tradicional brasileira. Aprenda a organizar o ambiente de trabalho e executar a mise en place, realizar a higienização, cortes, porcionamento, congelamento, armazenamento e a fazer a conservação de alimentos conforme as boas práticas de manipulação.


Carga horária: 160 horas

Pré-requisito
Para participação nesse curso, é necessário providenciar, trazer e utilizar dólmã branca, calça comprida xadrez, avental de cintura, bandana branca e sapato de segurança.
Não é permitido o uso de acessórios como colares, amuletos, pulseiras ou fitas, brincos, relógio e anéis (inclusive alianças) durante as aulas.

Caso a sua turma tenha aulas remotas, você precisará usar um celular, tablet ou, preferencialmente, um computador com conexão à internet.

O curso de Doceiro é voltado para pessoas interessadas em ingressar profissionalmente na área de confeitaria e empreender.
Idade mínima: 16 anos
Escolaridade mínima: ensino fundamental 2 incompleto

Mercado de Trabalho

A Qualificação Profissional de Doceiro compõe o itinerário formativo do Eixo Tecnológico Produção Alimentícia, do Catálogo Nacional de Cursos Técnicos instituído pelo MEC, oferecendo possibilidades de percurso de formação, numa perspectiva de educação continuada e em função das necessidades do mundo do trabalho.

A história da confeitaria no Brasil desenvolveu-se tendo como base a combinação entre os doces portugueses e os ingredientes nativos. O ciclo da cana de açúcar teve papel fundamental na criação dos doces brasileiros, já que essa era uma matéria-prima em abundância. Nesta época, o preparo de doces fazia parte do lazer das sinhás e, muitas vezes, as receitas eram guardadas a sete chaves.

Com a chegada de mestres confeiteiros ao Brasil, por volta dos anos 60, as padarias começaram a se refinar, pois eram raras as doçarias que acolhiam esses profissionais. E, concomitante à difusão e ao avanço experimentados pela gastronomia nas últimas décadas, as confeitarias ou doçarias passaram a ter um papel de destaque, ampliando o mercado de trabalho e exigindo, cada vez mais, profissionais qualificados na área.

Nesse contexto, esse curso tem a intenção de preparar os participantes para o ingresso no mercado de trabalho, desenvolvendo competências que possibilitam a elaboração de diferentes doces tradicionais nas mais variadas formas, utilizando técnicas básicas de preparo para desenvolver produtos que atendam aos mais variados tipos de clientes.


Método

As orientações metodológicas deste curso, em consonância com a Proposta Pedagógica do Senac, pautam-se pelo princípio da aprendizagem com autonomia e pela metodologia de desenvolvimento de competências, estas entendidas como ação/fazer profissional observável, potencialmente criativo (a), que articula conhecimentos, habilidades e atitudes/valores e que permite desenvolvimento contínuo.
As competências que compõem a organização curricular do curso foram definidas com base no perfil profissional de conclusão, considerando a área de atuação e os processos de trabalho deste profissional. Para o desenvolvimento das competências foi configurado um percurso metodológico que privilegia a prática pedagógica contextualizada, colocando o aluno frente a situações de aprendizagem que possibilitam o exercício contínuo da mobilização e articulação dos saberes necessários para a ação e para a solução de questões inerentes à natureza da ocupação.

A mobilização e a articulação dos elementos da competência requerem a proposição de situações desafiadoras de aprendizagem, que apresentem níveis crescentes de complexidade e se relacionem com a realidade do aluno e com o contexto da ocupação.

considerando aspectos relacionados ao mundo do trabalho e ao exercício da cidadania. Essa perspectiva propicia o comprometimento do aluno com a qualidade do trabalho, o desenvolvimento de uma visão ampla e consciente sobre sua atuação profissional e sobre sua capacidade de transformação da sociedade.
A ocupação está situada no Eixo Tecnológico Produção Alimentícia.
As seguintes competências compõem o Perfil Profissional de Conclusão do Doceiro:
- Organizar o ambiente de trabalho para elaboração das produções culinárias.
- Produzir doces.
- Confeccionar embalagens para confeitaria.

Certificação

Àquele que concluir com aprovação este curso, será conferido o respectivo certificado de Qualificação Profissional de Doceiro(a), com validade nacional.

Lista de Materiais


Documentos para Matrícula

- Documento de Identidade (RG) (apresentação do original);
- CPF ou documento que possua a numeração do CPF (apresentação).
Obs.: As inscrições e matrículas são efetuadas conforme cronograma da unidade do Senac que oferece o curso, atendidos os requisitos de acesso e nos termos regimentais.