Home  >  Cursos de Pós-Graduação  >  Gestão de Projetos Sociais no Território

Gestão de Projetos Sociais no Território

Você se especializará na gestão de projetos sociais para atuar de forma colaborativa e fortalecer a cidadania, justiça e participação social, respeitando as potencialidades e diversidades socioculturais de cada território.
Carga horária: 360 horas

Unidade
Infraestrutura
Confortáveis instalações que proporcionam um excelente ambiente para aprendizado. Os alunos também têm acesso à biblioteca, que disponibiliza acervo completo na área de gestão, base de dados e acervo on-line, acesso aos principais periódicos, salas individualizadas para estudo ou trabalhos em equipe e orientação especializada para pesquisas.
Etapas do Processo de Ingresso

DESCRIÇÃO DO PROCESSO DE INGRESSO: 
Para participar do processo de ingresso no curso de pós-graduação siga os passos abaixo: 
Passo 1 – Ter diploma de curso de graduação ou declaração com data da colação de grau, anterior ao início do curso no Senac;
Passo 2 - Cadastre-se no Portal Senac; 
Passo 3 – Inscreva-se on-line no curso escolhido; 
Passo 4 – Envie o seu currículo profissional para: grupofcoposgraduacao@sp.senac.br – indicando nome completo e curso escolhido;
Passo 5 – Aguarde e-mail da Coordenação de pós-graduação da unidade Francisco Matarazzo, com orientações para matrícula online. 

Número de Vagas: 15

 
Investimento
Horário do Curso
Turma 1
terça: 19h10-22h45
quinta: 19h10-22h45
Início: 10/03/2020 Término: junho/2021
Coordenador(es)Prof. Dr. Roberto Galassi Amaral
roberto.gamaral@sp.senac.br
Corpo Docente


O Centro Universitário Senac se reserva o direito de alterar a composição do corpo docente durante o curso em razão de necessidades pessoais ou institucionais, sem que isso interfira na qualidade do curso.

Roberto Galassi Amaral
Doutor em Serviço Social, pela UNESP-Franca (2013), possui mestrado em Administração pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2007), especialização em Administração de Recursos Humanos pela Universidade São Judas Tadeu (1987) e graduação em Administração de Empresas também pela Universidade Sao Judas Tadeu (1983). Professor do SENAC-SP, unidade Francisco Matarazzo, nos cursos de especialização em projetos sociais e responsabilidade socioambiental empresarial. A experiência inclui projetos de consultoria nas áreas de sustentabilidade, responsabilidade social da empresa, gestão no terceiro setor, investimento social privado, voluntariado empresarial e gestão de pessoas.

Professores convidados


Carola Carbajal Arregui
Possui graduação em Serviço Social pela Universidade da República de Uruguai (1994), mestrado (1998) e doutorado (2005) em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Realizou o seu pós-doutorado em economia pela Universidade Pierre Mendès France em Grenoble/França (2012). É pesquisadora da Coordenadoria de Desenvolvimento e Estudos de Projetos Especiais da PUC/SP (desde 1996). Tem experiência na área de pesquisa em políticas públicas de combate á pobreza, com ênfase em Serviço Social, atuando principalmente nos seguintes temas: políticas públicas, gestão social, indicadores sociais e sistemas de monitoramento e avaliação.

Michel Freller
Possui graduação pela Fundação Getulio Vargas SP (1985) em Administração Pública. Atualmente é professor do Centro Universitário Senac, no curso de pós graduação de gestão de projetos sociais na disciplina de captação de recursos. Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Terceiro Setor. Mestrando na PUC-SP em administração.

Paula Raccanello Storto
Mestre em Direito pela USP e Graduada em Direito pelo Mackenzie. Advogada sócia de Szazi, Bechara, Storto, Reicher e Figueirêdo Lopes Advogados. Professora da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (COGEAE) em cursos de especialização de Gestão de Projetos Sociais em Organizações do Terceiro Setor e de extensão sobre MROSC e temas correlatos. Pesquisadora vinculada ao NEATS – Núcleo de Estudos Avançados do Terceiro Setor da PUC/SP. Integrante da Rede Interamericana de Direito das Organizações da Sociedade Civil e correspondente brasileira do International Center for Non-profit Law (ICNL) para o projeto United States International Grantmaking (USIG).

Carlos Roberto Filadelfo de Aquino
Graduação em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (2003), mestrado em Antropologia Social pela Universidade de São Paulo (2009) e doutorado em Antropologia Social pela Universidade de São Paulo (2015). Atualmente é professor do curso de Licenciatura em Ciências Sociais da Universidade Metropolitana de Santos (UNIMES), de pós-graduação da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo e do Centro Universitário Senac e pesquisador do Hybris - Grupo de Estudo e Pesquisa sobre Relações de Poder, Conflitos, Socialidades (USP e UFSCAR). Tem experiência nas áreas de Antropologia Urbana, Antropologia da Política e Teoria Antropológica, atuando principalmente nos seguintes temas: movimentos sociais, movimentos de moradia, família e política, coletividades, casa, parentesco, políticas públicas e territorialidades urbanas.

Daniel de Lucca Reis Costa
Doutor em Ciências Sociais pela Unicamp (2016), mestre em Antropologia Social pela Universidade de São Paulo (2007), bacharel em Geografia pela Universidade de São Paulo (2009) e bacharel em Sociologia e Política pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (2003). Em 2009 foi pesquisador visitante do Centre d?etude des mouvements sociaux Institut Marcel Mauss da EHESS. Desde 2010 é professor da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESP-SP) e, entre 2012 e 2014, foi professor-visitante na Faculdade de Ciências Sociais e Políticas (FASPOL) da Universidade Nacional Timor Lorosae (UNTL), Sudeste Asiático. É coordenador de projetos do Núcleo de Direitos Humanos (NDH) da FESP-SP, pesquisador associado do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (CEBRAP), integrante do Centro de Estudos de Migrações Internacionais (CEMI), tem experiência no campo da antropologia política e geografia humana, com destaque para as temáticas da cidade, pobreza, violência, espaço público, nacionalismo e pós-colonialismo lusófono.

Erika Costa da Silva Gaudeoso
Possui graduação em Bacharelado de Matemática aplicado a Informática pela Universidade Católica de Santos (1989) e Pós-Graduação em Administração para Organizações do Terceiro Setor pela FGV/SP (2005). Mestre em Gestão de Negócios da Universidade Católica de Santos(2010). Participa do Núcleo de Estudos Avançados do Terceiro Setor da PUC-SP. Atuou como Consultora Técnica da Incubadora de Empreendimentos Solidários da Universidade Católica de Santos. É consultora da Visão Social Consultoria. Possui certificação internacional Project Management for Development Professionals. Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Organizações do Terceiro Setor, atuando principalmente nos seguintes temas: Terceiro Setor; Responsabilidade Social; Redes Sociais e Incubadoras de Empreendimentos Econômicos Solidários.Autora de conteúdos para cursos à distância

Flávia Cristina Martins Mendes
Mestre em Interfaces Sociais da Comunicação pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (2012). Possui graduação em Comunicação Social pela Universidade Metodista de São Paulo (2004) e especialização em Comunicação Empresarial/Relações Públicas pela Faculdade Cásper Líbero (2008). Encontra-se na área acadêmica há 7 anos e ministra disciplinas em cursos de graduação, pós-graduação e extensão universitária em instituições como ESPM e SENAC. Atuação acadêmica: Comunicação Empresarial e Integrada; Comunicação para Projetos Sociais; Planejamento de Marketing e Marcas; Gestão do Relacionamento com Clientes; Empreendedorismo e Marketing; Sustentabilidade e Consumo; Gestão e Desenvolvimento de Pessoas e Liderança. Atuação profissional com experiência de 14 anos em gestão de comunicação para otimizar os resultados e garantir os interesses dos públicos almejados; realização de análise de mercado, avaliando as tendências de mídia e novas necessidades do mercado empresarial e planejamento e desenvolvimento de estratégias e planos de comunicação, atendimento ao cliente, elaboração de briefing e de cronograma de atividades. Coautora da Coleção Comunicação em Cena Volume 1 (2012) e Volume 5 (2014) e do livro Marketing e Comunicação de Projetos Socioculturais: Experiências Brasileiras e Cubanas.

Laís de Figueirêdo Lopes
Doutoranda em Direito Público pela Universidade de Coimbra, Mestre em Direito e Graduada pela PUC/SP. Advogada, sócia de Szazi, Bechara, Storto, Reicher e Figueirêdo Lopes Advogados. Foi Assessora Especial do Ministro da Secretaria de Governo da Presidência da República, de 2011 a 2016, para a agenda do Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil. Professora da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (COGEAE) em cursos de especialização de Gestão de Projetos Sociais em Organizações do Terceiro Setor e de extensão sobre MROSC e temas correlatos. Pesquisadora vinculada ao NEATS – Núcleo de Estudos Avançados do Terceiro Setor da PUC/SP. Atualmente é membro do Comissão de Direito do Terceiro Setor da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção São Paulo (2019-2021) e Conselheira do Conselho Consultivo da Ouvidoria-Geral da Defensoria Pública do Estado de São Paulo (2020/2022). Foi integrante do Conselho Diretor (2011-2014) e do Conselho Consultivo (2004-2011) da International Center for Non-profit Law (ICNL).