Centro Univeritário

Graduação  •  Pós-graduação  •  Extensão  •  Infraestrutura  •  Parcerias  •  Estrutura  •  Biblioteca  •  Campus   
Home > Notícias
14/01/2019 10h13min

Novo Bacharelado em Design ganha formato mais flexível e personalizável

Alunos podem escolher o próprio caminho de formação a partir de uma lista de projetos.

Jovem segura forma geométrica vazada na cor azul e é observado por colegas em sala de aula

O design deixou de ser visto como luxo e assume, cada dia mais, um papel estratégico no mundo dos negócios.

Agora, suas habilidades, princípios e práticas são amplamente disseminadas em diferentes setores, impactando toda a economia. É o que revelam pesquisas do Design Council, conselho de design do Reino Unido.

Esse cenário é global e não surgiu à toa, foi impulsionado por constantes transformações sociais, políticas e econômicas, entre elas a chegada da quarta revolução industrial, também conhecida como indústria 4.0, que traz inovações tecnológicas aos processos de produção.

Tendo como essência a criatividade, o design vai além da questão estética-visual e ganha status de ferramenta para auxiliar na concepção de serviços que gerem experiências positivas aos consumidores e agreguem diferenciais competitivos às organizações.

Alinhado a essas evoluções, o Senac São Paulo lança o curso Bacharelado em Design com um novo formato, mais flexível. O primeiro semestre é fixo e, a partir do segundo, o aluno escolhe os projetos que direcionam a sua formação. Assim, os cursos de Design Gráfico, Design Digital e Design Industrial, a partir de 2019, integram o curso de Design.

Criado em 1999 com o nome de Bacharelado em Design Gráfico, o curso do Senac está em constante aperfeiçoamento buscando atender às demandas profissionais da área, explicam Alécio Rossi e Maria Silvia Queiroga Reis, coordenadores de desenvolvimento da área de design do Senac São Paulo.

Alécio destaca que a era da complexidade impõe para as instituições educacionais o desafio de formar designers prontos para lidar com mudanças constantes e cenários de incertezas.

"A automação e a inteligência artificial, parte da evolução tecnológica, dentre outras mudanças socioculturais e econômicas, fortalecem a necessidade de atualizar de forma sistemática os documentos e as práticas educacionais para que continuem relevantes para a formação de profissionais atentos ao seu tempo e preparados para a aceleração e para as mudanças no mundo do trabalho", diz.

Neste sentido, segundo Alécio, o curso contribui para formar profissionais diferenciados, que dominam técnicas, tecnologias e métodos, mas que também têm uma base humanista abrangendo questões de sustentabilidade e qualidade de vida para pessoas e comunidades.

"Uma formação mais abrangente e generalista tem se mostrado mais importante que o conhecimento técnico dos meios de produção, distribuição e consumo", justifica.

Versatilidade
Entre as vantagens que essa mudança traz para os alunos, Alécio destaca a visão versátil desse novo profissional, que a partir da análise do comportamento das pessoas encontra diferentes oportunidades de atuação.

"O designer precisa entender os diferentes contextos sociais para detectar demandas. Um único produto pode ser desenvolvido compondo um mix de conhecimentos do design gráfico, digital, industrial e serviços, que misturam-se e complementam-se", esclarece.

Ele cita como exemplo prático disso a mobilidade urbana dizendo que existem diferentes possibilidades de deslocamento (bicicleta, ônibus, metrô e skate) e várias tecnologias digitais (Bilhete Único, aplicativos) que, de forma conjunta, facilitam o dia a dia na cidade.

"Os resultados destas ações integradas são, geralmente, desenvolvidos por grandes equipes compostas por designers, arquitetos, urbanistas, engenheiros, etc., que nem trabalharam juntos, mas que têm em comum o desafio de melhorar a vida e o deslocamento de milhares de pessoas. Nossos alunos precisam estar preparados para compor e até mesmo coordenar projetos desta natureza", esclarece.

Caminhos personalizados
Um dos diferenciais do Bacharelado em Design do Senac é justamente essa possibilidade de o aluno escolher seu próprio caminho de formação a partir de uma lista de projetos, que resulta em histórico e portfólio personalizados.

Segundo Maria Silvia, com essas escolhas, cada aluno tem uma formação generalista ou mais específica por área. Além disso, poderá, após o término da carga horária total exigida, continuar os estudos de acordo com seus interesses e disponibilidade.

Eles também destacam a oportunidade de convivência com estudantes de diferentes etapas do próprio curso e de outras áreas, reforçando o trabalho em equipe, colaborativo e diversificado.

"A liberdade e o estímulo à criação abrem muitas possibilidades de respostas e de pesquisa.  Algumas disciplinas são obrigatórias e elas estruturam os conhecimentos centrais do curso e a partir delas os alunos fazem suas escolhas. A combinação de componentes curriculares permite respeitar e potencializar os talentos dos alunos formando designers criativos, líderes e que aprendem pela vivência em projetos reais", ressalta Alécio.

Vivências
Um dos objetivos do curso é formar designers que antecipem as necessidades do indivíduo contemporâneo e reconheçam oportunidades de mercado, propondo alternativas e soluções criativas a partir da gestão e execução de projetos.

Por isso, durante os estudos, os alunos podem vivenciar a profissão e desenvolver um portfólio consistente que facilite a inserção no mercado e a evolução na carreira. Entre elas estão 20 projetos eletivos que abrangem design gráfico, de produto, digital e de serviços.

Além de serem desafiadores e gerarem experiências e conhecimentos aos alunos, também trazem benefícios à comunidade. É o caso, por exemplo, do projeto Brincar: Ludicidade e Inclusão, no qual os alunos desenvolvem jogos paradidáticos e/ou brinquedos para o público infanto-juvenil em parceria com instituições sociais ou empresas.

Outra vivência durante a formação é o estágio, considerado um componente obrigatório que deve ser realizado pelo estudante a partir do 5º período em instituição externa ou no próprio Senac com o acompanhamento e orientação docente.

"Pode ser realizado em escritórios de design, agências de publicidade e propaganda, editoras, estúdios de animação, empresas da área de comunicação, organizações privadas dos diversos setores, instituições governamentais e organizações não-governamentais", conta Maria Silvia.

Infraestrutura
Para colocar todo aprendizado em prática é preciso espaço e ferramentas adequados. Por isso, os alunos contam com uma infraestrutura completa e de última geração no campus.

Entre os ambientes disponíveis estão: laboratórios de design, de produtos, de protótipos e maquetaria, ateliês de desenho, de tipografia e de gravura, laboratório de informática com plataforma Mac, da Apple, de fotografia, estúdio de vídeo e sala de inovação.

"Estes espaços e laboratórios dedicados aos componentes curriculares específicos possibilitam a aprendizagem pela vivência e experimentações em situações reais", conta Alécio.

Parcerias de peso
Além disso, o curso oferece os benefícios de diferentes parcerias, que abrangem intercâmbios acadêmicos e culturais e ações integradas com instituições nacionais e internacionais.

Entre elas estão: Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) da Universidade de São Paulo (USP), KEA - Copenhagem School of Design and Tecnology, Universidad Andrés Bello (Chile) e Duoc UC (Chile).

Conheça o Bacharelado em Design com inscrições abertas no Centro Universitário Senac - Santo Amaro.

Notícias relacionadas:
- Alunos reconstroem avião Demoiselle criado por Santos Dumont
- Alunos reconstroem avião Demoiselle criado por Santos Dumont
- Alunos reconstroem avião Demoiselle criado por Santos Dumont
- Alunos reconstroem avião Demoiselle criado por Santos Dumont
- Alunos reconstroem avião Demoiselle criado por Santos Dumont


Tags: Bacharelado em Design, Centro Universitário Senac - Santo Amaro, design senac, faculdade de design, graduação em design, mercado de design


Últimas notícias

10/05/2019
10/05/2019
08/05/2019
Bombeiro compartilha experiência na operação de salvamento em Brumadinho
06/05/2019
Turma organiza evento gastronômico para praticar versatilidade de formatos
06/05/2019
Pós-graduação: Processo de Ingresso - 2º semestre 2019 está com inscrições abertas
03/05/2019
Festival organizado por alunos integra moda e arte
03/05/2019
7 dicas para manter a empresa segura no ambiente digital
03/05/2019
Turma de enfermagem acompanha procedimentos em centro cirúrgico
03/05/2019
Exposição promove reflexão sobre a beleza do envelhecimento
03/05/2019
Alunos aprofundam teorias da administração em projetos sustentáveis
02/05/2019
Com mão na massa, turmas refletem sobre logística e produção alimentícia
02/05/2019
Senac oferta cursos de cuidador de idosos em parceria com a Central Nacional Unimed
02/05/2019
Senac está com inscrições abertas para cursos de pós-graduação a distância
02/05/2019
Centro Universitário Senac abre processo seletivo para professores
26/04/2019
Alunos de logística percorrem bastidores de indústria de capacetes
23/04/2019
Senac Francisco Matarazzo completa 40 anos de história
17/04/2019
Turma de fotografia expõe registros e retratos da cidade de São Paulo
17/04/2019
Aprendizes realizam ações com foco no mercado de trabalho
17/04/2019
Alunos de confeitaria apresentam receitas das cinco regiões brasileiras
16/04/2019
Barba, cabelo e bigode: alunas vivenciam profissão em nicho em expansão

Próximos Eventos

Instagram (@senacsaopaulo)