Home > Notícias
24/07/2018 12h

Turma cria doces e faz a festa de crianças com restrições alimentares

Confira receitas de doces sem leite e sem conservantes elaboradas pelos alunos.

Naked cake decorado com morangos e cerejas

Seis receitas de doces tradicionais foram adaptadas pela turma

A hora de comer os docinhos é uma das mais esperadas nas festas infantis. Mas, já imaginou a sensação de uma criança ao ver uma mesa cheia dessas delícias e não poder experimentar nenhuma delas?

Essa é a experiência vivida por muitas crianças com alergia ao leite e a corantes ou com intolerância à lactose já que grande parte dos doces possuem esses ingredientes.

Cerca de 6 a 8% das crianças com menos de 3 anos sofrem com reações alérgicas alimentares e esses números apresentam crescimento constante, segundo dados da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI). 

A mesma entidade aponta que a reação alérgica à proteína do leite de vaca é a mais comum na população infantil e atinge cerca de 2% dos lactentes no Brasil.

O aumento da procura por doces para crianças com restrições alimentares foi percebido por alunas do curso Doceiro que o Senac São Carlos realiza na cidade de Itirapina e virou o foco do projeto integrador desenvolvido pela turma. 

As estudantes que já comercializam algum tipo de doce perceberam que havia procura para compra desses produtos, mas não sabiam fazê-los.

Além disso, uma das alunas, que trabalha no Programa de Alimentação Escolar do município (PNAE), relatou a preocupação das nutricionistas de escolas municipais em definir cardápios adaptados para o grande número de crianças com algum tipo de restrição.

De fevereiro a maio, o grupo percorreu várias etapas do estudo para elaborar as receitas sem leite, sem glúten, sem lactose e sem corantes para crianças alérgicas e/ou intolerantes a esses ingredientes, com apoio das docentes Marina Manduca Ferreira Marim e Cláudia Regina Gonçalves.

Festa completa
Para proporcionar que as crianças pudessem comer todos os doces disponíveis em uma festa infantil, algo raro para elas, a ideia foi adaptar seis receitas de doces tradicionais nessas comemorações. 

Aí, depois de pesquisar bastante, a turma criou: beijinho de arroz (doce de arroz com coco), brigadeiro de arroz (doce de arroz com cacau), cajuzinho de arroz (doce de arroz com amendoim), muffin de banana, cake pop (bolo de cenoura) e bolo red velvet de beterraba.

Mas, para saber se os pequenos aprovariam essas receitas, nada melhor do que ouvir a opinião deles. Por isso, a turma organizou uma verdadeira festa na Escola Municipal José Cruz de Itirapina para uma degustação e um teste de aceitabilidade dessas preparações.

Foram convidadas todas as crianças que estudam na rede municipal e que têm registro de alergia ao leite ou intolerância à lactose e também crianças e adultos com essas restrições alimentares que eram amigos ou familiares das alunas.

Em parceria com Renata Maguila, decoradora de festas infantis da cidade, as alunas deixaram o ambiente todo colorido para apresentar os doces. E o resultado foi positivo. "A minha filha nunca teve uma festa assim, ela nunca comeu um beijinho, observe: ela nem sabe por onde começar!", comenta Alice Rodrigues, mãe de uma das crianças participantes.

Sueli Baldissera Mariano, mãe de outra criança, elogiou a iniciativa: "Quando minhas filhas eram menores não existiam muitas opções de alimentos sem lactose, elas já sofreram muito com isso. Que bom que hoje as doceiras estão pensando nesse público também. Gostei muito dos doces, ficaram deliciosos, minha filha também gostou".

Tabatta Cristina Furniel, que é intolerante à lactose, também aprovou as criações. "Durante a minha vida toda já experimentei muitas preparações sem lactose e já comi muita coisa ruim, mas esses doces ficaram ótimos. Eu adorei a textura e o sabor. Estavam deliciosos”, diz.

Além de saborear as preparações, todos os participantes receberam um material impresso com as receitas elaboradas pela turma. Confira aqui.

Aprendizado
A aluna Amanda Teles comenta a experiência. "Percebemos que é possível fazer doces deliciosos sem esses ingredientes. Estou feliz por ter conseguido realizar um trabalho tão bonito”.

A docente Marina destaca a aprendizagem vivenciada pela turma. "Pude ver todas as etapas de um projeto acontecendo: a problematização real, o desenvolvimento das ações com os muitos desafios vencidos e a entrega. Vi nos olhos das crianças que comiam com satisfação aqueles doces que todo processo teve sentido", destaca.

A docente Claudia conclui: “A turma estava engajada em oferecer o melhor para as crianças. Foi um desafio, mas o trabalho em equipe fez a diferença e os resultados foram ótimos”. 

Conheça os cursos da área de gastronomia que o Senac São Carlos oferece.

Notícias relacionadas:
- Ingredientes nacionais e sustentabilidade marcam evento promovido por alunos
- Ingredientes nacionais e sustentabilidade marcam evento promovido por alunos
- Estudantes de gastronomia participam de colheita da uva e lúpulo em vinícola
- Estudantes de gastronomia participam de colheita da uva e lúpulo em vinícola
- Dia Mundial da Água mobiliza e sensibiliza estudantes na capital e no interior
- Dia Mundial da Água mobiliza e sensibiliza estudantes na capital e no interior
- Dia Mundial da Água mobiliza e sensibiliza estudantes na capital e no interior
- Dia Mundial da Água mobiliza e sensibiliza estudantes na capital e no interior


Tags: Senac São Carlos, Senac São Paulo, doces para quem tem restrição alimentar, gastronomia, intolerância a lactose, restrição alimentar


Últimas notícias

23/01/2020
20/01/2020
13/01/2020
Aprendizagem Técnica em Informática é oferecida em 9 unidades
10/01/2020
Senac Catanduva comemora 40 anos de atuação
02/01/2020
Quais são os caminhos para inovar e empreender?
02/01/2020
Senac Presidente Prudente oferece programação com cursos de férias
02/01/2020
Cursos de férias estão com inscrições abertas no Senac São José do Rio Preto
20/12/2019
8 dicas para equilibrar as contas e começar a guardar dinheiro
20/12/2019
Saiba como cuidar da pele e dos cabelos no Verão
20/12/2019
Laboratório Novas Histórias integra roteiristas para discutir produção audiovisual
19/12/2019
Senac São Paulo recebe o prêmio Fornecedores de Confiança 2019
19/12/2019
Alunos e docente do Senac se destacam no Prêmio DuPont 2019
18/12/2019
Centro Universitário Senac abre processo seletivo para professores
17/12/2019
Cursos de férias estão com inscrições abertas no Senac Guaratinguetá
17/12/2019
Centro Universitário Senac e AWS capacitam alunos na área de computação em nuvem
10/12/2019
Aluno e ex-aluno têm 50% de desconto na Editora Senac São Paulo
09/12/2019
Mais de 11 mil alunos passam por oficina de empreendedorismo
04/12/2019
Projeto com minhocário do Senac Guarulhos recebe prêmio em Semana do Conhecimento
02/12/2019
Nutricionista e chef defendem que cozinhar ajuda a ter rotina saudável
29/11/2019
Férias com Leitura: explore o catálogo das bibliotecas do Senac São Paulo

Próximos Eventos

Instagram (@senacsaopaulo)