Home > Notícias
12/12/2017 17h25min

Estética: possibilidades de formação e atuação em um mercado em constante crescimento

Professores do Centro Universitário Senac falam sobre a área, como se capacitar e tendências da profissão.

Mulher negra sorrindo com as mãos no rosto

Apesar das crises política e econômica pelas quais o país atravessa, "os números mostram que o segmento de estética e beleza é forte e mantem índices melhores que o mercado em geral”, afirma João Paulo Correia Gomes, professor responsável pela coordenação do curso de pós-graduação em Cosmetologia Aplicada à Estética, do Centro Universitário Senac. 

O cenário apresentado pela Associação Brasileira de Produtos de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC), em 2016, mostra que em 2003, havia 1123 indústrias registradas no Brasil, sendo que São Paulo contava com 530 indústrias. Em 2015, esse número chegou a 2618 no país e a 1104 no Estado de São Paulo. 

Em 1994, o número de postos de trabalho relacionados essa área – indústria, comércio e salões de beleza e estética – atingiu a marca de 579 mil e, em 20 anos, o setor foi responsável por mais de 5,7 milhões de oportunidades de trabalho, distribuídas por toda a cadeia produtiva.  Em 2015, o setor faturou R$42,6 bilhões em valores ex-factory (saído de fábrica, sem adição de impostos sobre vendas)

Atualmente, o Brasil ocupa a quarta posição no ranking mundial da indústria da beleza, atrás somente dos Estados Unidos, China e Japão, segundo dados da ABIHPEC. 

Na visão do professor, "o acesso das classes de menor renda ao mercado tem contribuído para o crescimento dos setores relacionados aos produtos cosméticos". 

Segundo estudo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os brasileiros com renda de dois a dez salários mínimos gastam 1,3% do que ganham mensalmente com produtos para cuidar dos cabelos e das unhas. Os gastos com xampu, condicionador e maquiagem foram de 1,46%, valor apenas um pouco abaixo do que se gasta com carne, que é de 1,73% do orçamento. 

Desse modo, Isabella Tereza Ferro Barbosa, responsável pela coordenação dos cursos Bacharelado e Tecnologia em Estética e Cosmética, vê esse cenário como favorável e o mercado de trabalho continua com boas perspectivas de crescimento, particularmente em São Paulo, assim como toda a região Sudeste, que contam com excelente estrutura e variada oferta de serviços no setor, reunindo as condições de natureza social, econômica, cultural e ambiental que justificam a oferta do curso, propiciando a integração com a comunidade local e a formação prática de excelência. 

Os professores Isabella e João Paulo informam e esclarecem questões sobre a formação e o comportamento do mercado.

Formação
Essa formação está fundamentada em sólidos conhecimentos teóricos, construídos e aplicados em modernos laboratórios, que aproximam o aluno ao mercado de trabalho e contribuem para o desenvolvimento das competências técnicas, científicas e humanísticas necessárias ao profissional, capaz de inovar, empreender e solucionar problemas, sem perder de vista os valores éticos, da cidadania e do respeito ao meio ambiente.

Áreas de atuação
O profissional de estética e cosmética pode trabalhar em vários segmentos: atendimento domiciliar, spas, clínicas, centros estéticos, salão de beleza, consultórios, hospitais, academias de ginástica, hotéis e navios, além de poder atuar na indústria cosmética. 

Esses são apenas alguns dos locais de atuação, já que por conta da mudança cultural e comportamental, decorrente da preocupação das pessoas com a saúde e o bem-estar, outros campos tendem a se abrir, tornando o esteticista cada vez mais requisitado.

Técnico, tecnólogo e bacharel
Há três formações de esteticista. Cursos técnico, tecnologia e bacharelado e cada um tem suas especificidades:
- o técnico realiza procedimentos estéticos faciais e corporais, manuseia equipamentos e tem conhecimento sobre cosméticos.
- o tecnólogo executa procedimentos estéticos, manuseia equipamentos, pode ser professor da faculdade, possui o conhecimento sobre cosmética e supervisiona e gere clínicas e esteticistas.
- o bacharel além dos conhecimentos teóricos e técnicos de um técnico e de um tecnólogo, entende de visagismo e pode atuar em pesquisas científicas na área. É habilitado para qualquer função dentro da área.

Porém, diante das exigências e demandas cada vez mais criteriosas de mercado, recomenda-se que quem tem nível técnico, faça uma faculdade. Quem já tem faculdade, faça uma pós.

Procedimentos invasivos
O profissional em estética e cosmética não executa procedimentos invasivos, como o botox, e trabalha com cosméticos regulamentados pela Anvisa. Caso atue com um dermatologista, poderá utilizar formulações com maior concentração de ativos, uma vez que, neste caso, a responsabilidade é do médico que assiste o paciente.

Remuneração
A remuneração média do profissional de estética:
Técnico – de R$ 1.001 a R$ 1.400
Tecnólogo em Estética e Cosmética – de R$ 1.400 a  R$ 2.200
Bacharel em Estética - Acima de R$ 2.200.

Reconhecimento e regularização
Apesar de ser reconhecida em 2012, a profissão ainda não foi regulamentada. 

Tendências
- Crescimento e solidificação. Um exemplo é o mercado de beleza masculina, que apesar de ser o segmento que mais cresce, ainda tem um potencial muito grande de evolução.

- A tecnologia cada vez mais presente nos procedimentos estéticos. Isso exige constante aprimoramento dos profissionais. Já que o mercado solicita a experiência no manuseio de equipamentos do tipo laser, criolipólise, radiofrequência, lipo e ultracavitação, heccus, manthus e endermologia além de design de sobrancelhas e depilação que aparecem como tendência do fazer profissional do esteticista.

- Trabalho integrado com médicos dermatologistas e cirurgiões plásticos. Com conhecimentos anatômicos do corpo humano, o esteticista realiza procedimentos estéticos faciais, corporais e capilares. Dentre os procedimentos realizados, fazem parte também as terapias complementares, pré e pós cirúrgico e visagismo, atuando em parceria com o dermatologista, o cirurgião plástico e outros profissionais da área da saúde. 

Mídia
A mídia digital está promovendo uma revolução neste mercado. Blogueiras e YouTubers influenciam seus seguidores quanto às tendências - novos produtos e procedimentos. 

É preciso atenção e cuidado, já que nem tudo está correto. A maioria dessas pessoas não tem formação específica na área. Por isso, o profissional de estética tem que ter uma base sólida, formação adequada, e estar sempre estudando e se especializando para entender essas novas tendências e os novos procedimentos. E, se for necessário, fazer o contraponto de algumas informações que não estão apropriadas na mídia.


Atualmente, o Senac oferece as graduações Bacharelado (lançado na Beauty Fair) e Tecnologia em Estética e Cosméticaa pós-graduação em Cosmetologia Aplicada à Estética que especializa o esteticista no conhecimento dos cosméticos. Há também o curso Técnico em Estética, que habilita o aluno para ser esteticista no mercado de trabalho.

Notícias relacionadas:
- “A autoestima é matéria-prima da dignidade humana”
- “A autoestima é matéria-prima da dignidade humana”
- “A autoestima é matéria-prima da dignidade humana”


Tags: Bacharelado em Estética e Cosmética, Senac SP, São Paulo, curso de cosmética, curso de tecnologia, cursos de estética e beleza, faculdade de estética, pós em estética


Últimas notícias

15/07/2019
15/07/2019
15/07/2019
10/07/2019
Centro Universitário Senac abre processo seletivo para professores
02/07/2019
Centro Universitário Senac - Águas de São Pedro divulga lista de aprovados para os cursos de Cozinheiro e Garçom
02/07/2019
Alunos fazem pesquisa de campo em barco para compor projeto
02/07/2019
Projetos de alunos integram sustentabilidade e criatividade
01/07/2019
Projeto empodera jovens e idosas de Pindamonhangaba
26/06/2019
Turma de turismo aplica conhecimentos durante visita a Brotas e Barra Bonita
25/06/2019
Centro Universitário Senac apresenta o Programa de Parcelamento Estudantil
25/06/2019
Cursos de férias estão com inscrições abertas no Senac Piracicaba
24/06/2019
Unidades fazem sensibilizações sobre prevenção de acidentes do trabalho
19/06/2019
Semana Senac de Leitura destaca mulheres na literatura brasileira
18/06/2019
Centro Universitário Senac divulga resultado do processo seletivo para professores
18/06/2019
Alunos do Técnico em Recursos Humanos desenvolvem boletim informativo
14/06/2019
Turma organiza feira para apresentar normas de segurança do trabalho
13/06/2019
Férias com Leitura: explore o catálogo das bibliotecas do Senac São Paulo
03/06/2019
Senac está com inscrições abertas para cursos técnicos EAD
31/05/2019
Alunos de nutrição orientam outras turmas sobre alimentação saudável
27/05/2019
Bate-papo com concierge apresenta os desafios da profissão a alunos

Próximos Eventos

Instagram (@senacsaopaulo)