Home > Notícias
25/08/2017 17h10min

Caminhada fotográfica motiva percepções sobre ocupação do Minhocão

Participantes do evento registraram seus olhares sobre a utilização de espaços públicos como opções urbanas de lazer e cultura.


...

DIY. Acrônimo de Do-It-Yourself, (faça-você-mesmo, em português), o termo refere-se à realização de atividades manuais sem nenhum tipo de ajuda externa, ou seja, mão-na-massa.

Durante o final dos anos 1970, o DIY ganhou contornos ideológicos por meio do movimento punk e, atualmente, contextualiza um conceito para que personagens do underground, carentes de espaços dedicados à cultura alternativa, criem seus próprios eventos em locais inusitados, como praças, viadutos e até trilhos de trem.

Surge assim a popularização das festas de rua, como a pioneira Voodoohop, passando pela Calefação Tropical, Capslock, Selvagem, Metanol, e outras. Logo esses eventos tomaram de assalto as ruas de São Paulo, conquistando espaço democrático para um público heterogêneo.

Paralelo a isso, outros tipos de espaços urbanos também ganharam força visando à interação entre lazer e cultura em espaços públicos.

Um dos principais em atividade na cidade de São Paulo é a Avenida Paulista que aos domingos transforma-se em um coquetel cultural envolvendo artistas de rua, grupos musicais, atividades manuais e práticas esportivas diversas.

Outro ponto que ganhou destaque é o Elevado João Goulart, antes conhecido como Elevado Costa e Silva e popularmente conhecido como Minhocão.

Inaugurado em 1971 para diminuir o intenso trânsito da região central, o elevado logo transformou-se em motivo de ira para moradores e comerciantes locais, devido ao excesso de barulho e poluição.

Em 1990, a gestão municipal proibiu o tráfego de veículos aos domingos e feriados na via que, aos poucos, foi se transformando em um espaço de lazer. Essa ocupação ganhou ainda mais força nos últimos anos com o fechamento do local também aos sábados, a partir das 14 horas.

Assim, destaca-se como um dos principais centros de lazer de São Paulo, palco de expressões artísticas e espontâneas, ponto de encontro para passeios em grupo, espaço esportivo, tanto para pedestres quanto para ciclistas, além de ocasionais feiras gastronômicas.

Percepções em fotografia
A fotografia sempre foi uma aliada no registro de transformações sociais e urbanas. Assim, espaços como esse servem como matéria-prima para fotógrafos. Cristiano Mascaro, Nelson Kon, Claudio Edinger e, contemporaneamente, André Ligeiro e o coletivo I Hate Flash são alguns profissionais de destaque na cobertura fotográfica de baladas alternativas.

A partir dessa perspectiva, o Senac Tatuapé realizou, em julho, uma caminhada fotográfica pelo Minhocão possibilitando aos participantes exercerem suas percepções sobre a concepção e utilização de espaços públicos, captando toda a diversidade que eles proporcionam.

Roberto Oya, docente de fotografia que acompanhou a caminhada, analisa o papel do fotógrafo nesse contexto. “Historicamente, o registro feito por tantos fotógrafos colabora com a construção da nossa identidade, pois transmite visualmente diversos sentimentos, tanto os problemas quanto as belezas e características arquitetônicas do seu meio”, diz.

Sobre a atividade, Roberto comenta que ela “promove uma experiência fotográfica na sua essência e proporciona o contato e a troca entre profissionais, amadores e entusiastas. Se estivermos atentos o bastante e tivermos a sensibilidade de focar o olhar para essas pequenas histórias, conseguimos capturar situações inesperadas, imprevisíveis, que passam despercebidas para a grande maioria das pessoas”, analisa.

Laura Galastre, participante da atividade, comenta um fator importante em espaços como esse: “A utilização da rua como opção cultural, como a proposta do Parque Minhocão, aproxima a população de espaços considerados perigosos, como o centro de São Paulo, permitindo atividades culturais, fotográficas, entre outras”.

Em 2014, o Plano Diretor Municipal determinou que fosse decidido o destino do Minhocão. Entre as opções estão a transformação em um parque suspenso ou a desativação definitiva.

Segundo o docente Roberto, isto não afeta diretamente a fotografia devido a uma certa qualidade adquirida: o faro investigativo. “Mesmo com alguns reveses, nós, fotógrafos, sempre achamos aqui e acolá, cantos esquecidos, abandonados, escondidos, que se tornam muito interessantes imageticamente”, afirma.

Ele conclui: “Independentemente do formato, mídia ou equipamento, a foto continua cumprindo seu papel de documentar o cotidiano, a cultura e os costumes de uma época”.
Conheça os cursos da área de comunicação e artes que o Senac Tatuapé oferece.

Tags: Fotografia Documental, Minhocão, Senac Tatuapé, caminhada fotográfica, comunicação e artes, fotografia, fotografia senac, ocupação de espaços urbanos, registro fotográfico de transformações sociais


Últimas notícias

15/07/2019
15/07/2019
15/07/2019
10/07/2019
02/07/2019
02/07/2019
02/07/2019
Projetos de alunos integram sustentabilidade e criatividade
01/07/2019
Projeto empodera jovens e idosas de Pindamonhangaba
26/06/2019
Turma de turismo aplica conhecimentos durante visita a Brotas e Barra Bonita
25/06/2019
Centro Universitário Senac apresenta o Programa de Parcelamento Estudantil
25/06/2019
Cursos de férias estão com inscrições abertas no Senac Piracicaba
24/06/2019
Unidades fazem sensibilizações sobre prevenção de acidentes do trabalho
19/06/2019
Semana Senac de Leitura destaca mulheres na literatura brasileira
18/06/2019
Centro Universitário Senac divulga resultado do processo seletivo para professores
18/06/2019
Alunos do Técnico em Recursos Humanos desenvolvem boletim informativo
14/06/2019
Turma organiza feira para apresentar normas de segurança do trabalho
13/06/2019
Férias com Leitura: explore o catálogo das bibliotecas do Senac São Paulo
03/06/2019
Senac está com inscrições abertas para cursos técnicos EAD
31/05/2019
Alunos de nutrição orientam outras turmas sobre alimentação saudável
27/05/2019
Bate-papo com concierge apresenta os desafios da profissão a alunos

Próximos Eventos

Instagram (@senacsaopaulo)