Home > Notícias
26/04/2017 10h28min

Teatro cego aguça sentidos e revela talentos

Alunos e atores sentados em círculo conversam após apresentação de peça de teatro cego

Alunos da unidade conferiram espetáculo com alunos-atores cegos

Participar de um espetáculo com atores cegos ou com baixa visão instiga o público a acompanhar a trama explorando outros sentidos. Essa é a proposta do projeto Oficina de Teatro Cego que utiliza sons, vozes e cheiros para inserir os espectadores no ambiente cênico

Em 23 de março, o grupo formado por atores cegos ou com baixa visão encenou a peça Relicário aos alunos do Senac Lapa Scipião para chamar a atenção para questões como acessibilidade e novos formatos de se fazer teatro.

A produção é resultado da Oficina de Formação de Atores Cegos que promoveu um trabalho de orientação dos atores feito pela fonoaudióloga e docente do Senac Lapa Scipião, Mila Valle, e pelas professoras Fabiana Monsalú e Laura Melamed. Durante a oficina, elas realizaram atividades com o grupo para desenvolver habilidades de corpo, voz e expressividade com foco na atuação cênica.

As professoras promoveram exercícios para transformar as histórias de infância dos alunos em narrativa dramatúrgica e cenas, apresentadas na peça.

O espetáculo foi encenado para alunos do Técnico em Teatro e do programa Aprendizagem da unidade e, na sequência, foi feito um bate-papo com os atores.

Muitos alunos participaram fazendo perguntas sobre as dificuldades impostas pela deficiência visual, tanto em cena como no dia a dia e quiseram saber de onde vinha tanta determinação e energia para atuar.

“Perceberam que mesmo com as dificuldades da deficiência visual é possível desenvolver um trabalho técnico-expressivo de corpo e voz”, conta Mila.

Eduardo Garcia, docente do programa Aprendizagem, conta que assistir ao espetáculo auxilia no desenvolvimento de projeto para elaboração de um livro de crônicas durante o curso e cria novas opções para os aprendizes decidirem o futuro profissional.

Acessibilidade
Segundo a docente, o projeto Oficina de Teatro Cego é uma iniciativa da empresa de produção cultural Caleidoscópio e tem o intuito de formar atores cegos ou com baixa visão para participar de seus espetáculos.

Ela explica que a ação no Senac apresentou o resultado do trabalho feito e deu ao público da unidade um outro referencial de espetáculo, que estimula os sentidos humanos, além da visão, e traz a temática da acessibilidade para o campo da reflexão.

Nesse sentido, Mila destaca a importância da empatia para o ator. “É fundamental se colocar no lugar do outro, uma característica essencial na medida em que precisa viver personagens, muitas vezes com características bem diferentes das suas, sem julgamento”, diz.

E complementa: “Esse tipo de ação é um diferencial agregador na vida dos estudantes do Senac, pois desenvolve profissionais não apenas com competências em suas áreas, mas com vivências que ampliam a crítica e habilidades pessoais”.

Cenário e oportunidades
Mila revela que esse é um setor ainda pouco explorado, pois não há uma produção teatral expressiva feita por pessoas com necessidades especiais no país.

Ela cita como exemplo o projeto Pés, realizado em Brasília, com teatro-dança para pessoas com diferentes deficiências. “Em São Paulo, temos a Ong Ser em Cena que trabalha com teatro para afásicos (pessoas que sofreram Acidente Vascular Encefálico) e a produtora Caleidoscópio, que trouxe da Argentina o teatro cego”, completa.

Nesse cenário, a acessibilidade para pessoas com deficiências visuais também precisa avançar, pois a maioria dos espaços não oferece a áudio descrição, que abrange características do cenário, dos figurinos e ações físicas dos atores em cena. “Muitas instituições de inclusão de pessoas cegas formam grupos para ir aos espetáculos e precisam contratar o serviço”, diz.

Conheça o Técnico em Teatro e o programa Aprendizagem que a unidade oferece.

Notícias relacionadas:
- A história do teatro em três cenas
- A história do teatro em três cenas
- Turma cria peça de teatro utilizando processo colaborativo
- Turma cria peça de teatro utilizando processo colaborativo
- Turma cria peça de teatro utilizando processo colaborativo


Tags: Inclusão e Acessibilidade, Programa Aprendizagem, Senac Lapa Scipião, Técnico em Teatro, acessibilidade, apresentação de teatro, deficiência visual, teatro cego


Últimas notícias

22/05/2019
22/05/2019
22/05/2019
Levando Cor com Amor: alunos realizam ações de valorização com idosos
10/05/2019
De futebol a teatro, alunos vivenciam práticas de podologia
10/05/2019
Senac São Paulo está entre os Melhores Fornecedores para RH 2019
08/05/2019
Bombeiro compartilha experiência na operação de salvamento em Brumadinho
06/05/2019
Turma organiza evento gastronômico para praticar versatilidade de formatos
06/05/2019
Pós-graduação: Processo de Ingresso - 2º semestre 2019 está com inscrições abertas
03/05/2019
Festival organizado por alunos integra moda e arte
03/05/2019
7 dicas para manter a empresa segura no ambiente digital
03/05/2019
Turma de enfermagem acompanha procedimentos em centro cirúrgico
03/05/2019
Exposição promove reflexão sobre a beleza do envelhecimento
03/05/2019
Alunos aprofundam teorias da administração em projetos sustentáveis
02/05/2019
Com mão na massa, turmas refletem sobre logística e produção alimentícia
02/05/2019
Senac oferta cursos de cuidador de idosos em parceria com a Central Nacional Unimed
02/05/2019
Senac está com inscrições abertas para cursos de pós-graduação a distância
02/05/2019
Centro Universitário Senac abre processo seletivo para professores
26/04/2019
Alunos de logística percorrem bastidores de indústria de capacetes
23/04/2019
Senac Francisco Matarazzo completa 40 anos de história
17/04/2019
Turma de fotografia expõe registros e retratos da cidade de São Paulo

Próximos Eventos

Instagram (@senacsaopaulo)