Home > Notícias
24/01/2017 18h22min

Fotografando a capital do nascer ao pôr do sol

Obra de grafite do MAAU Foto Marcelo Iha- SPTuris museu aberto de arte de urbanaa

Roteiro busca destinos alternativos, para fugir da aglomeração em pontos turísticos convencionais (Foto: Marcelo Iha)

São Paulo, a cidade dos contrastes, completa 463 anos em 2017. Que tal comemorar a data com um registro da miríade de possibilidades que a capital paulista tem a oferecer? O docente Fernando Citroni, responsável pela coordenação cursos de Tecnologia e Bacharelado em Fotografia, elaborou um roteiro para uma caminhada fotográfica a partir de alguns tipos de fotografia mais comuns nesse tipo de evento: de natureza, de arquitetura, o retrato na foto de rua e o registro de eventos.

Buscando fugir do lugar-comum, a proposta de Fernando é evitar as aglomerações das comemorações nos pontos turísticos mais famosos. “Tentamos contemplar a variedade humana, de espaços de eventos que São Paulo, generosamente, nos oferece”, explica ele. Confira suas orientações de horário, luz e equipamentos para cada tipo de registro:

Fotografia de Natureza: 
Núcleo Engordador (Parque da Cantareira)

Inicie o passeio pela manhã, em um local que proporciona o contato direto com a natureza. O Parque da Cantareira apresenta muito verde e exemplares da fauna selvagem: pássaros, lagartos e primatas, sendo o habitat do macaco bugio.

“Recomendo o uso de dois tipos de objetivas: uma teleobjetiva, para captar detalhes e assuntos distantes, e uma grande angular para a composição das paisagens”, orienta o docente.

Em caso de tempo aberto, é recomendável a utilização de um para-sol na objetiva, minimizando o excesso de luz, assim como o uso de um filtro polarizador, para que se reduzam os reflexos. De modo geral, sob boa iluminação natural, utilize o ISO mais baixo possível, para evitar ruídos na imagem.

“Observe a regra dos terços: divida a foto em nove retângulos de igual tamanho, atravessada por duas linhas verticais e duas horizontais. Isso proporciona um equilíbrio agradável à percepção em fotos de paisagens”, indica Fernando.

Imagem: Cachoeira do Engordador (Foto: Marcelo Iha - SP Turis)

 
Fotografia de Arte: 
Museu Aberto de Arte Urbana de São Paulo (Avenida Cruzeiro do Sul)

Ainda na região norte da cidade, o local consiste em uma grande e variada coleção de grafites espalhados pelas colunas da linha do metrô que segue a avenida. 

“A sugestão é utilizar uma objetiva que lhe permita uma boa variação da distância focal, possibilitando fotos de detalhes das obras e fotos que mostrem a totalidade de um trabalho específico, bem como o conjunto dos trabalhos”, ensina.

De acordo com ele, a luz do meio do dia ressalta as formas e traz contrastes fortes. “Procure fotografar as pessoas interagindo com os espaços”. 

Imagem: Obra de grafite do MAAU (Foto: Marcelo Iha - SPTuris)

 
Fotografia de Arquitetura: 
Vila Maria Zélia (Belenzinho)

A indicação do docente é uma vila industrial que data do início do século 20 e conserva algumas casas, depósitos, capela e outras construções da época. 

“Uma objetiva que lhe permita uma boa variação da distância focal, possibilitando fotos de detalhes das construções e fotos de prédios inteiros e do conjunto das construções, é bastante útil, assim como o uso de um tripé para fotografar edificações”, sugere.

Avenida Berrini (Morumbi)

Dando sequência à caminhada, Fernando indica explorar a arquitetura opulenta dos prédios do novo centro financeiro da cidade, ao cair da tarde e início da noite. “Explore a chamada “hora dourada” do por do sol, quando a luz é mais suave e mais alaranjada e as sombras se alongam. Procure pontos de vista inusitados, que proporcionem enquadramentos e composições criativas”, diz ele. 

Usando a mesma lente objetiva, a orientação é tentar se afastar dos prédios e construir sequências de fotos que resultem em panorâmicas, assim como explorar a iluminação artificial dos prédios ao anoitecer.

Imagem: Capela da Vila Maria Zélia (Foto: Douglas Nascimento - São Paulo Antiga)

 
Retrato e registro de eventos:
Bairro da Liberdade

Para finalizar, a sugestão é o bairro da Liberdade. O local, marcado pela forte presença japonesa na cidade, apresenta traços arquitetônicos que fazem referência à cultura nipônica. Restaurantes orientais, casas noturnas e os famosos karaokês atraem muitas pessoas para a região.

“Objetivas fixas e de formato médio (de 35mm a 55mm) são mais rápidas para compor a imagem e mais rápidas para focar, além de apresentar um campo de visão próximo à visão humana e de serem mais discretas”, explica o docente.

Ele chama a atenção para a fotografia de pessoas na rua, que devem ser aproximadas com educação. Não fotografe sem permissão ou de maneira invasiva: “O fotógrafo deve ser, ao mesmo tempo, confiante e respeitoso”, ensina.
 

Quer experimentar o roteiro de caminhada? Preste atenção nas dicas de segurança:
  • Evite a exposição desnecessária dos equipamentos: transporte-os em mochilas que não explicitem o conteúdo;
  • É possível fazer seguro dos equipamentos. Procure se informar sobre essa medida de proteção;
  • Evite locais desertos, se possível;
  • Procure fazer suas saídas acompanhado: que tal formar um grupo para suas saídas fotográficas? 

Uma sugestão é buscar coletivos, como o Rolê, que ocupa o Senac Lapa Scipião em três ocasiões, inclusive com uma caminhada fotográfica. 

Uma outra, é se profissionalizar na área. Conheça o curso de Tecnologia em Fotografia com inscrições abertas no Senac Lapa Scipião, e o curso de Bacharelado em Fotografia, com inscrições abertas no Centro Universitário Senac - Santo Amaro.

Para conhecer outros destinos e olhares paulistanos: 
São Paulo: 4 séculos de história em 4 monumentos arquitetônicos

Notícias relacionadas:
- Fotografia: transformação do mercado favorece investimento em profissionais versáteis
- Fotografia: transformação do mercado favorece investimento em profissionais versáteis
- Fotografia: transformação do mercado favorece investimento em profissionais versáteis
- Fotografia: transformação do mercado favorece investimento em profissionais versáteis
- Fotografia: transformação do mercado favorece investimento em profissionais versáteis
- Fotografia: transformação do mercado favorece investimento em profissionais versáteis


Tags: #VivaSP, #VivaSampa, Aniversário de São Paulo, Bacharelado em Fotografia, Bairro da Liberdade, Berrini, Caminhada Fotográfica, Centro Universitário Senac - Santo Amaro, Dicas, Fotografia, Fotografia de Arquitetura, Fotografia de Eventos, Fotografia de Natureza, Museu Aberto de Arte Urbana, Parque da Cantareira, Retratos, Roteiro Fotográfico, Senac Lapa Scipião, Senac São Paulo, Tecnologia em Fotografia, Vila Maria Zélia


Últimas notícias

19/07/2019
18/07/2019
18/07/2019
O Jogo Virou: projeto de alunos reúne mais de 200 profissionais da área de eventos
18/07/2019
Livraria Senac está no ar com descontos especiais
17/07/2019
Senac Araraquara completa 70 anos
15/07/2019
Alunos do curso Tecnologia em Gastronomia vencem concursos
15/07/2019
Projeto de alunos de TI avança na Casa de Cultura Vila Guilherme
15/07/2019
Exposição sobre fuxico une moda e sustentabilidade
10/07/2019
Centro Universitário Senac abre processo seletivo para professores
02/07/2019
Alunos fazem pesquisa de campo em barco para compor projeto
02/07/2019
Projetos de alunos integram sustentabilidade e criatividade
01/07/2019
Projeto empodera jovens e idosas de Pindamonhangaba
26/06/2019
Turma de turismo aplica conhecimentos durante visita a Brotas e Barra Bonita
25/06/2019
Centro Universitário Senac apresenta o Programa de Parcelamento Estudantil
25/06/2019
Cursos de férias estão com inscrições abertas no Senac Piracicaba
24/06/2019
Unidades fazem sensibilizações sobre prevenção de acidentes do trabalho
19/06/2019
Semana Senac de Leitura destaca mulheres na literatura brasileira
18/06/2019
Centro Universitário Senac divulga resultado do processo seletivo para professores
18/06/2019
Alunos do Técnico em Recursos Humanos desenvolvem boletim informativo
14/06/2019
Turma organiza feira para apresentar normas de segurança do trabalho

Próximos Eventos

Instagram (@senacsaopaulo)