Home > Notícias
22/03/2016 11h56min

“No mundo da informática, não há limite de idade”, afirma docente do Senac Largo Treze

Uso de tecnologia melhora aspectos da memória, raciocínio, agilidade e coordenação motora de pessoas na maturidade.

Idoso usando o computador

O computador nos dias de hoje se tornou um grande companheiro da maturidade

“Na maturidade, a informática é uma grande oportunidade de exercitar a mente, a memória, resolver problemas e aumentar a autoestima”, afirma Fábio Eduardo dos Santos, docente do curso Informática para a Maturidade, do Senac Largo Treze.

Em uma sociedade informatizada, o domínio de ferramentas digitais é importante para se manter atualizado. E o computador é o principal instrumento para acessar e manipular informações.

Nesse sentido, explica o docente, o público mais velho possui necessidades e expectativas diferentes em relação à tecnologia digital e suas possibilidades. “Cada aluno possui uma necessidade e, muitas vezes, eles tiveram pouco ou nenhum contato com computadores”, diz.

Sendo assim, partindo da premissa básica de que cada aluno possui um ritmo diferente na aprendizagem e que cada dificuldade deve ser tratada de forma individual, as turmas dos cursos voltados para essa faixa etária têm uma quantidade reduzida de alunos.

A turma do curso Informática para Maturidade pode utilizar o computador para diferentes finalidades. Por isso, abrange itens básicos para introdução do aluno no universo da informática, como introdução ao hardware, noções básicas de Windows, aplicativos, noções de internet e redes sociais. Assim, os alunos saem mais seguros para comprar produtos ou serviços on-line, fazer novas amizades ou reencontrar amigos por meio de redes sociais e realizar pesquisas sobre assuntos de seus interesses, por exemplo.

Confira entrevista com o docente Fábio Eduardo dos Santos: 

Como o computador pode ser um aliado na maturidade?
O computador nos dias de hoje se tornou um grande companheiro da maturidade. Ele é uma ferramenta que ajuda a orientar, informar e formar. A pessoa não sente que fica alheia ao mundo e aos acontecimentos. Todos querem e devem se sentir inseridos e pertencentes à realidade em que estão.

Quais os maiores interesses dos idosos ao aprender a usar o computador?
Eles se interessam basicamente por tudo, pois a informática é uma porta nova que se abre, mas dentre esses conhecimentos o que se destaca é a internet e suas possibilidades.

Fale um pouco sobre as principais motivações para que o idoso volte a estudar?
Curiosidade, incentivo da família, necessidade de se inserir nesse novo contexto como forma de interagir com os jovens são algumas das motivações para voltar a estudar.

Os centros cognitivos passam a ser mais ativados?
Sabe-se, por meio de estudos, que as modificações cerebrais decorrentes do envelhecimento podem causar um déficit cognitivo. Porém, pude observar que memória e coordenação motora são trabalhadas de forma intensa e, por processo repetitivo, ajudam os alunos da maturidade a ativar essas áreas.

Aspectos da memória, raciocínio, agilidade e coordenação motora tendem a melhorar no dia a dia do idoso?
Associada à prática do uso do computador, nota-se estes exercícios: 
Memória: o fato de o aluno ter que, todo dia, lembrar-se da sua senha, fazer o acesso aos sites pessoais e interagir com outras pessoas trocando informações.
Coordenação motora e agilidade:  a utilização do mouse e teclado, que com a repetição torna o processo mais rápido a cada dia.
Raciocínio: o uso de sites de pesquisa ou mesmo streamming de áudio e vídeo , criando um raciocínio lógico de como ele deve proceder na busca da informação.

A sociabilidade pode ser um dos benefícios?
Sim, as relações sociais promovem o bem-estar mental da maturidade e com a informática algumas barreiras são quebradas. O uso de ferramentas como Facebook, Skype ou até mesmo WhatsApp unem familiares e amigos, antes separados pela distância ou mesmo pela falta de tempo, aumentando a sociabilidade desse público.

Como deve a família ser comportar com esse novo cenário em casa?
A família é o ponto chave nesse processo de aprendizagem e descoberta. O incentivo é peça fundamental, pois por meio dele é que o público da maturidade tem o alicerce para não desanimar ou mesmo desistir. No trabalho realizado no Senac Largo 13, 60 % dos alunos foram matriculados por filhos ou netos. Isso prova que com apoio o processo se torna muito mais fácil.

Há cuidados que precisam ser tomados? 
Não diria cuidados, mas sim adaptações. Por exemplo, o laboratório em que o curso é  ministrado fica no térreo, isso evita que o aluno fique subindo e descendo escadas; não usar cadeiras com rodinhas, prevenindo contra futuras quedas; aumento do tamanho das letras no monitor, já que alguns apresentam dificuldade na visão. 

Fale um pouco sobre as suas observações em sala de aula. 
Sem dúvida que estudar é bom a qualquer momento e voltar ao banco da escola na maturidade traz benefícios tanto para a mente quanto para o corpo. Mas algumas situações em específico chamaram a atenção. Por exemplo, uma das alunas do curso tinha um computador novo, na caixa a dois anos e na primeira semana de curso fez com que o neto viesse até a casa dela para montá-lo, pois segundo ela teria que recuperar o tempo perdido. Em outro caso um aluno descobriu que o YouTube disponibilizava vídeos de praticamente tudo e conseguiu, ao assistir um vídeo, executar um reparo em sua impressora residencial. Em uma outra situação, se utilizando das redes sociais, uma aluna reencontrou um irmão que não via há mais de 10 anos. São situações como essa que enriquecem o universo do aluno e também do professor. 

“Apesar de ter usado muitos aplicativos, como Word e Excel na empresa em que trabalhei, não sabia lidar com os erros e problemas, quando eles surgiam. Me faltavam alguns conhecimentos básicos com arquivos, redes sociais e gerenciamento de e-mail. Agora aprendi a pesquisar tutoriais no Youtube e troquei o toner da minha impressora, sozinho”, comenta o aluno Milton Toshiyuku, 69 anos.

“É extremamente gratificante trabalhar com a maturidade, pois o aluno vem com a pré-disposição para aprender. Ele é interessado e a cada conhecimento adquirido um mundo novo se abre para ele”, finaliza o docente.


Confira o curso Informática para Maturidade, que está com inscrições abertas no Senac Largo Treze e em outras unidade da rede.

Notícias relacionadas:
- Idosos voltam às salas de aula nas unidades de Santos e Bertioga
- Idosos voltam às salas de aula nas unidades de Santos e Bertioga
- Idosos voltam às salas de aula nas unidades de Santos e Bertioga
- Idosos voltam às salas de aula nas unidades de Santos e Bertioga


Tags: Aspectos da memória, Senac Largo Treze, agilidade e coordenação motora melhoram, computador é aliado na maturidade, idosos voltam às aulas, raciocínio


Últimas notícias

22/05/2019
22/05/2019
22/05/2019
Levando Cor com Amor: alunos realizam ações de valorização com idosos
10/05/2019
De futebol a teatro, alunos vivenciam práticas de podologia
10/05/2019
Senac São Paulo está entre os Melhores Fornecedores para RH 2019
08/05/2019
Bombeiro compartilha experiência na operação de salvamento em Brumadinho
06/05/2019
Turma organiza evento gastronômico para praticar versatilidade de formatos
06/05/2019
Pós-graduação: Processo de Ingresso - 2º semestre 2019 está com inscrições abertas
03/05/2019
Festival organizado por alunos integra moda e arte
03/05/2019
7 dicas para manter a empresa segura no ambiente digital
03/05/2019
Turma de enfermagem acompanha procedimentos em centro cirúrgico
03/05/2019
Exposição promove reflexão sobre a beleza do envelhecimento
03/05/2019
Alunos aprofundam teorias da administração em projetos sustentáveis
02/05/2019
Com mão na massa, turmas refletem sobre logística e produção alimentícia
02/05/2019
Senac oferta cursos de cuidador de idosos em parceria com a Central Nacional Unimed
02/05/2019
Senac está com inscrições abertas para cursos de pós-graduação a distância
02/05/2019
Centro Universitário Senac abre processo seletivo para professores
26/04/2019
Alunos de logística percorrem bastidores de indústria de capacetes
23/04/2019
Senac Francisco Matarazzo completa 40 anos de história
17/04/2019
Turma de fotografia expõe registros e retratos da cidade de São Paulo

Próximos Eventos

Instagram (@senacsaopaulo)