Home > Notícias
10/03/2016 13h29min

‘Que nosso estilo pessoal seja a produção e o consumo conscientes’

Aceleração da indústria da moda é apresentada por Maria Prata

Sapato preto com salto quebrado jogado no asfalto

“A maior mudança na moda contemporânea é a mudança de calendário”. Essa frase da jornalista e consultora de moda Maria Prata foi dita na palestra de abertura do evento Senac Moda Informação – Verão 2017 realizado, recentemente, no Teatro Cetip, em São Paulo.

Na ocasião, a profissional falou sobre como a internet transformou esse mercado provocando a aceleração da indústria e democratização do desejo de moda chamando a atenção para o impacto dessa produção no meio ambiente.

“Antes, os desfiles eram restritos aos principais compradores daquela marca, aos top clientes, às musas dos estilistas e aos principais jornalistas de moda. Foi assim até quando a internet começou a entrar nesse processo. Grandes portais especializados e, depois, os blogs e as redes sociais começaram a falar muito alto nesse mercado”, conta.

Segundo Maria Prata, esse processo abriu um diálogo de igual para igual entre especialistas e consumidores. “Agora não é mais uma conversa de cima para baixo, passou a ser horizontal. A marca tem que ouvir o que o cliente está falando e entender o que ele está vestindo para criar suas coleções. Quem não está fazendo isso não está conseguindo se manter”, afirma.

Essa aproximação, explica a consultora, gerou também o desejo de consumo por moda. O acesso às marcas de luxo, que antes era restrito e exclusivo a um determinado grupo, agora acontece em um clique pelas lojas virtuais.

“Com isso, é mais gente vendo os desfiles, mais gente desejando e mais gente consumindo. As ruas viraram as passarelas, a moda deixou de ser para poucos e chegou a todo mundo e o desejo de consumir passou a ser de todos”, enfatiza a consultora.

Aceleração
A consequência desse aumento de interesse do público provocou a mudança de calendário da indústria no setor. “Esse mês, algumas marcas começaram a divulgar que vão disponibilizar as roupas nas lojas imediatamente depois dos desfiles. Isso muda um sistema de moda quase que centenário”, explica.

De acordo com a consultora, isso não muda só o papel do desfile e o acesso do consumidor ao produto na loja, mas transforma uma cadeia gigantesca, a indústria global considerada uma das maiores do mundo.

“Essa aceleração é a mudança mais drástica que a gente vê com a internet. As marcas de luxo, para acompanhar esse mercado e atender ao desejo do consumidor mais rápido, passaram a criar coleções semanais”, relata.

Contudo, Maria Prata pontua que o surgimento desse modelo de produção exige um novo modelo de negócio: “as marcas só sabiam que tinham que colocar mais roupas nas passarelas e produtos nas vitrines, mas isso gerou uma grande crise porque os estilistas não aguentaram o alto nível de criação”.

Sustentabilidade
A consultora esclareceu que, além da preocupação em tornar o processo sustentável do ponto de vista dos negócios, é necessário que os profissionais reflitam sobre os impactos dessa produção no meio ambiente.

Ela lembra que a moda é um dos maiores mercados do mundo e um dos mais poluentes. “Além da indústria, nós também criamos muito lixo. Estamos consumindo loucamente. Compramos do fast fashion, usamos três meses e não queremos mais. Então, doamos para alguém ou jogamos no lixo. E esse é o principal ponto para pensar: como vamos viver nessa indústria que acelera a cada dia?”, questiona Maria.

E completa: “Um ponto crucial é saber como a gente quer se vestir, como quer produzir e como quer consumir. Então, que nosso estilo pessoal seja a produção e o consumo conscientes. Que a gente consiga poluir menos, talvez desejar com rapidez, mas consumir com mais parcimônia”, finaliza.

Conheça os cursos na área de moda que o Senac São Paulo oferece.

Confira também a programação do evento Senac Moda Informação – Inverno 2017.

Notícias relacionadas:
- Senac Moda Informação confirma tendências do Verão 2017
- Senac Moda Informação confirma tendências do Verão 2017
- Senac Moda Informação confirma tendências do Verão 2017


Tags: Maria Prata, Negócios da Moda, Senac Moda Informação, moda, sustentabilidade


Últimas notícias

16/09/2019
12/09/2019
12/09/2019
04/09/2019
Quais são os riscos de ansiedade e depressão em profissionais de saúde?
03/09/2019
Centro Universitário Senac apresenta o Programa de Parcelamento Estudantil
29/08/2019
Em treinamento para copeiras, alunos falam sobre hotelaria hospitalar
29/08/2019
Editora Senac São Paulo representa Brasil na Feira Internacional do Livro de Macau
28/08/2019
Mulheres trans de Araçatuba recebem noite de beleza e ensaio fotográfico
27/08/2019
Conferência discute a logística do Vale do Paraíba e Litoral Norte
23/08/2019
Projeto de design de interiores leva cores e nova vida a instituição social
22/08/2019
Senac é destaque no Top of Mind de Proteção; alunos também são premiados
21/08/2019
Ação destaca importância da criatividade para profissionais da área de eventos
16/08/2019
Natureza e engenharia inspiram criação de moldes de flores de açúcar
15/08/2019
Aplicativo criado por alunas facilita atendimento podológico domiciliar
15/08/2019
Alunos participam de conferência de desenvolvedores da Apple na Califórnia
07/08/2019
Aprendizes compartilham possibilidades com jovens em diferentes espaços
07/08/2019
Evento Farmácia em Cena discute relação entre a saúde e a agenda da ONU
06/08/2019
Visitas a empresas apresentam novas práticas de administração a alunos
05/08/2019
Vivência apresenta possibilidades profissionais a jovens da Fundação Casa
05/08/2019
Senac Registro oferece bolsas para indígenas e quilombolas do Vale do Ribeira

Próximos Eventos

Instagram (@senacsaopaulo)