Home > Notícias
18/02/2016 18h02min

Ex-aluno do programa Aprendizagem torna-se empreendedor

Mesas e cadeiras coloridas em vias públicas, para lazer

Ambiente projetado ar livre apresenta a missão da empresa de Augusto: dar mais alma às cidades

"Acredito que empreender é mais que abrir o próprio negócio. É se dedicar com alma ao seu propósito, querer fazer a diferença e buscar melhorar a vida das pessoas. Não estar satisfeito com a realidade e sempre se dedicar para desbancar a palavra impossível. E acima de tudo é acreditar, acreditar em você, nos seus sonhos e nas pessoas que te ajudam a conquistá-lo", afirma Augusto Aielo.

Quando integrava turma do programa Aprendizagem foi estimulado para o empreendedorismo, em 2010. Nesse ano, ele venceu o Empreenda!, concurso cujo objetivo é formar uma cultura empreendedora entre os alunos de diversas modalidades de cursos do Senac São Paulo, estimulando a difusão e aplicação dos conceitos de empreendedorismo de forma prática.

Além do empreendedorismo, o ex-aluno foi instigado a trabalhar com sustentabilidade e tem como objetivo 'dar mais alma às cidades'. 

Confira essa trajetória:

Fale um pouco sobre como seus olhares se voltaram ao empreendedorismo?
Quando fui aluno do Senac, quando tinha 17 anos de idade, não tinha a mínima ideia do significado da palavra empreendedorismo. Isso até eu ter uma das disciplinas aplicada com esse nome. A partir daí, comecei a entender esse espírito de comportamento e, logo em seguida, conheci o prêmio Empreenda!, do Senac. Foi quando fui instigado a desenvolver a ideia e o planejamento de um negócio. Daquele momento em diante, ter minha própria empresa passou a ser um objetivo de vida e uma forma mais clara de eu alcançar meu propósito.  

Como foi o desenvolvimento do projeto vencedor do Empreenda! em 2010?
Na época, eu trabalhava em uma empresa de engenharia que atuava com grandes organizações. Sempre que ia conhecer os escritórios, nunca via iluminação natural e nada de áreas verdes, ambientes muito artificiais e luxuosos mas sem vida. Então, surgiu a ideia do projeto Tree of Life - Projetos e Reformas. Quando cheguei na segunda fase do concurso Empreenda!, descobri que era necessário desenvolver um plano de negócios, mas a grande pergunta era O que é isso?

Depois de algumas madrugadas e fins de semana investidos em pesquisa e na construção da ideia, passamos (eu e meu 
parceiro de projeto Ian Faria) para a final. Tivemos a oportunidade de apresentar nosso projeto para uma banca de avaliadores especializados no mercado. Imagine a ansiedade e nervosismo! Mas foi incrível, a energia e sensação de você levar um projeto seu, que você escreveu e criou, para a final de uma competição.  Assista aos momentos de emoção da final.

Esse projeto teve prosseguimento?
A conquista é algo emocionante, um momento único, e que se deslanchou em várias entrevistas e oportunidades de negócio. Trabalhamos mais alguns meses em nosso projeto, mas infelizmente não demos prosseguimento à ideia.

Porém, ganhei algo muito maior, um convite para fazer uma palestra motivacional para Jovens Aprendizes no Senac. Lembro que quando subi ao palco, uma energia muito grande tomou conta do momento. Naquela experiência decidi que palestrar seria uma das minhas profissões, e já tive a oportunidade de provocar e instigar mais de cinco mil jovens a acreditarem em seu propósito e correrem atrás de seus sonhos.

De lá pra cá, como ficou o seu envolvimento com o empreendedorismo?
Em 2013, tomei meu primeiro passo para o empreendedorismo. Fundei junto com o Tomas Matile, engenheiro eletricista, a Rfix Soluções Sustentáveis. Com muitos conceitos herdados pela Tree of Life, a missão da empresa era proporcionar sustentabilidade para pequenas e médias empresas de forma viável e prática.

Desde então, pratico, respiro, apanho, me dedico, e me aperfeiçoou para empreender cada vez melhor. E em novembro de 2014, fundei minha empresa atual, junto com o arquiteto Homã Alvico, a Soul Urbanismo, que tem como missão dar mais alma às cidades. Saiba mais sobre esses 
projetos e valores no Facebook e no Instagram.

Qual a importância dos valores inseridos nos seus projetos?  
Acredito que uma empresa só é sólida quando firmada sobre valores claros e seguidos a risca. Temos como principais valores o desenvolvimento e aprendizado contínuo, a inovação, a idoneidade, a transparência e a sustentabilidade contemplando os aspectos financeiro, ambiental e social. Conceitos que são aplicados no dia a dia de nossa empresa, e que são passados para toda nossa equipe, parceiros e clientes - e juntos fazemos a diferença em nosso meio.

Quais os seus próximos passos empreendedores?
Tenho duas metas claras, primeiro: fazer a Soul Urbanismo ser uma das maiores empresas de urbanismo do mundo e com a relevância de ter ajudado muitas cidades a serem mais humanas e assim mais felizes e conectadas. E minha segunda meta empreendedora é a educação, quero me dedicar mais no futuro em ajudar jovens a encontrarem seus propósitos e empreenderem em suas vidas. 


Veja os cursos na área de gestão e negócios/ emprendedorismo.

Tags: case senac, empreededorismo, gestão e negócios, jovem aprendiz


ERRO: null
ERRO: null

Instagram (@senacsaopaulo)