Home > Notícias
11/01/2016 12h31min

Brasílio Machado Neto, empreendedor social já nos anos 40

Basílio Machado Neto, durante a 7ª Olimpíada Interescolar promovida pelo Senac em Ribeirão Preto, em 14 de agosto de 1962. Foto em preto e branco

Brasílio Machado Neto, durante a VII Olimpíada Interescolar promovida pelo Senac em Ribeirão Preto, em 14 de agosto de 1962

Na definição do especialista em administração Peter F. Drucker, o empreendedor social é aquele que modifica a capacidade de atuação da sociedade. Pode-se dizer, portanto, que Brasílio Machado Neto foi, de fato, um empreendedor social muito antes de o termo surgir e se tornar parte do setor de desenvolvimento social. Foi a partir de suas ideias inovadoras, influência e poder de realização que, em 1946, surgiram o Sesc e o Senac.

Vindo de uma das famílias mais tradicionais de São Paulo, a dos Alcântara Machado, Brasílio Augusto Machado de Oliveira Neto nasceu na capital do Estado, em 12 de março de 1900. Filho e neto de juristas e professores, cresceu em uma casa que, segundo sua mãe, era "comandada pelos livros em primeiro lugar, depois pela política".

De temperamento prático, seu gosto para as artes era conservador e contrastava com as inclinações de seu irmão mais novo, o escritor modernista Antônio de Alcântara Machado. Na adolescência, foi exímio jogador de tênis, tendo sido campeão paulista e brasileiro nesse esporte, e um apaixonado por biografias de personagens históricos. O talento para a liderança se revelou desde cedo, por meio de uma capacidade de comando firme, porém diplomática.

Em 1923, ainda estudante universitário na Faculdade do Largo de São Francisco, começou a se interessar por associações e política de classe, e foi a elas que se dedicou por toda sua vida. Ao assumir a presidência da Federação do Comércio do Estado de São Paulo (FCESP*), em 1944, passou a advogar o aprimoramento da economia brasileira para uma era de produção e comércio mais justa e eficiente. Para ele, era preciso "infundir no brasileiro a mentalidade econômica" e isso exigiria que o empresariado nacional estivesse aberto também ao aspecto social, investindo na valorização do ser humano, na saúde e na qualificação profissional.

Esse raciocínio inovador foi preponderante na Conferência das Classes Produtoras do Brasil, reunião de representantes dos setores da economia para discutir os problemas do país, que ocorreu em 1945, no Rio de Janeiro. Presidido por Brasílio, o encontro gerou o documento Carta da Paz Social, que recomendava ao governo medidas para o aperfeiçoamento do ensino de comércio, economia e administração, além da criação de escolas profissionalizantes. O governo atendeu às reivindicações e autorizou a Confederação Nacional do Comércio (CNC) a instalar centros de aprendizagem em todo o país.

Brasílio Machado Neto foi também deputado estadual e federal, membro do Conselho da Administração da Organização Internacional do Trabalho (OIT) e primeiro vice-presidente nacional da Legião Brasileira de Assistência (LBA). Instalou e deu rumos aos serviços do Sesc e do Senac em São Paulo e, neles, seguiu como importante liderança até sua morte, em 1968. Paulo Godoy, economista e um de seus colaboradores, o define como incansável e habilidoso – um "movimentador do tempo".

*Em 2007 a denominação passa a ser Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio SP).


Em comemoração aos 70 anos de criação do Senac, o Centro de Memória Senac São Paulo produziu uma série de textos que serão publicados ao longo de 2016, descubra ou relembre alguns fatos que marcaram essa trajetória. Na próxima publicação, conheça algumas curiosidades dos primeiros anos dessa história.

Notícias relacionadas:
- Senac 70 anos - como tudo começou


Tags: Basílio Machado Neto, Ribeirão Preto, Senac 70 anos, comemoração de aniversário


Últimas notícias

22/08/2019
21/08/2019
16/08/2019
15/08/2019
15/08/2019
07/08/2019
Aprendizes compartilham possibilidades com jovens em diferentes espaços
07/08/2019
Evento Farmácia em Cena discute relação entre a saúde e a agenda da ONU
06/08/2019
Visitas a empresas apresentam novas práticas de administração a alunos
05/08/2019
Vivência apresenta possibilidades profissionais a jovens da Fundação Casa
05/08/2019
Senac Registro oferece bolsas para indígenas e quilombolas do Vale do Ribeira
05/08/2019
Sonho é para se realizar
05/08/2019
Alunos de moda produzem peças para Santa Casa de Araçatuba e vivenciam rotina de confecção
05/08/2019
O jeito de aprender que todos ganham
05/08/2019
Senac está com inscrições abertas para cursos técnicos EAD
05/08/2019
Vencer limites e agarrar oportunidades cabem em qualquer idade
05/08/2019
Organização de evento temático promove integração e novos aprendizados
02/08/2019
Centro Universitário Senac abre processo seletivo para professores
01/08/2019
Projeto em São José dos Campos instiga o interesse de alunos pela ciência
26/07/2019
Centro Universitário Senac divulga resultado do processo seletivo para professores
24/07/2019
Turmas praticam conhecimentos e levam serviços de beleza a idosos

Próximos Eventos

Instagram (@senacsaopaulo)