Tatuapé

Programação  •  Serviços  •  Bolsas de Estudo  •  Aprendizagem  •  Notícias  •  Biblioteca  •  Infraestrutura  •  Atendimento Corporativo
Home > Notícias
14/12/2015 17h53min

Ações culturais empoderam aprendizes na capital

Alunos realizam exposições para contextualizar conteúdos estudados em sala

estudante faz leitura em Braile

Por meio de exercícios de dinâmicas de grupo e jogos; leitura e interpretação de textos; atividades culturais; contextualização teórico-prática da aprendizagem, entre outros, o programa Aprendizagem do Senac São Paulo possibilita ao jovem ingressar no mundo do trabalho e conquistar seu espaço como profissional de talento.

A modalidade concretiza o compromisso de desenvolver pessoas e organizações para a sociedade do conhecimento por meio da educação e com foco na responsabilidade social. A exemplo de tais práticas, os alunos das unidades Jardim Primavera e Tiradentes realizaram, em novembro, ações culturais que dialogam com tais estratégias de ensino.

Jardim Primavera
Com o objetivo de melhorar o relacionamento entre os aprendizes da unidade, o projeto Valores Humanos através da Arte de Romero Brito promoveu integração e compreensão dos papéis sociais desempenhados.

Dividida em quatro etapas (orientação pedagógica; sensibilização; aulas específicas com textos reflexivos e dinâmicas; oficina e exposição de arte Releitura Romero Brito), a atividade não apenas visou à preparação do jovem para o mercado de trabalho, mas também para a vida em sociedade no exercício da cidadania. Respeito, tolerância, caridade, paciência, modéstia, serenidade, bondade, persistência, entre outros, foram alguns dos conceitos trabalhados pela docente Micheli Cuciol.

Nas primeiras três etapas, os estudantes receberam orientações e refletiram a partir da comparação de notícias do cotidiano e da mídia de como a ausência de tais valores refletem para uma sociedade violenta e intolerante e da leitura de parábolas e exemplos.

Por fim, escolheram uma obra do artista Romero Brito e associaram aos conteúdos trabalhados fazendo uma releitura utilizando colas plásticas e bandejas descartáveis de isopor. Também gravaram diversos áudios com uma mensagem aos participantes com o seguinte tema: O que mais me incomoda na sociedade é.

Para a aluna Bruna Madrona, "o projeto nos deu a liberdade de se expressar e também de aprender o quão importante é saber o que incomoda na sociedade para quem nos rodeia. Saber quais são os valores humanos e quais deles faltam na nossa vida e na sociedade nos proporcionou mudanças de hábitos e perceber a evolução que temos no decorrer dos dias com essas mudanças".

Já o estudante Marcos Ernandes de Mello ressaltou que a ação contribuiu com uma mudança de pensamento. "A exposição fez com que pensássemos não somente em nós, mas em todos que estão à nossa volta. Aprendemos que nossa vida tem que ser cheia de emoções boas, porque uma vida sem cores é uma vida amarga e solitária", finalizou.

As obras ficam em exposição na unidade até 19 de dezembro. Lá, também é possível conferir a mostra Aprendendo com Anne Frank.

Tiradentes
Já na região central de São Paulo, os aprendizes do Senac Tiradentes criaram o projeto Poesias Construídas. A ação foi apresentada como sarau dentro da biblioteca da unidade, em novembro, e como exposição e leitura inclusiva na Fundação Dorina Nowill, em dezembro.

Para a atividade, os alunos foram desafiados a criarem poemas e captarem imagens que representassem seus sentimentos em relação à poesia. Uma vez pronto, o trabalho foi apresentado como sugestão de material para o evento de Leitura Inclusiva, que celebrou o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, em 3 de dezembro.

A biblioteca do Senac Tiradentes faz parte da Rede Leitura Inclusiva, projeto de fomento à leitura para pessoas com deficiência mobilizado pela Fundação Dorina Nowill. A exposição ganhou sua versão acessível com fotografias impressas em relevo e ganharam audiodescrição, e as poesias foram impressas em fonte ampliada, em Braille e convertidas em áudio.

Aluna do programa Aprendizagem, Ana Carolina Matias da Silva afirmou: "foi excepcional, algo que toda a sala fez com carinho e dedicação, e que todos pensavam que seria algo simples, mas nos surpreendeu com a repercussão que tomou". "Poder trabalhar com a inclusão me deixa muito feliz e orgulhosa de todos os meus colegas de sala, que nunca imaginaram poder fazer parte de um trabalho tão lindo como esse", complementou.

"Para mim foi uma experiência muito significativa, pois pude participar abertamente, trazendo textos de minha autoria que há muito tempo estavam guardados num caderno. Mal sabia eu que esses textos um dia viriam a ser conhecidos por toda a minha unidade do Senac e agora também em outras instituições. Ver meu trabalho em equipe sendo usado num projeto de inclusão me faz pensar e refletir o quanto simples palavras podem ir tão longe e alcançar tanta gente", compartilhou a estudante Kézia de Oliveira.

Para a docente Amanda Barbosa da Silva, "foi possível criar um espaço de construção conjunta, incentivar a criação e divulgação de textos, aprimorar a prática de trabalho em equipe, estimular a criatividade e promover o espaço da biblioteca como um ambiente acessível às mais diversas manifestações culturais e artísticas. Os alunos se sentiram empoderados com a repercussão da atividade, e hoje sentem-se mais seguros para expor suas ideias e pensar em novas iniciativas".

Conheça o programa Aprendizagem.

Notícias relacionadas:
- Alunos apresentam conceitos estudados na 5ª Feira de Aprendizagem
- Alunos apresentam conceitos estudados na 5ª Feira de Aprendizagem
- Turma de Aprendizagem orienta crianças sobre alimentação saudável
- Turma de Aprendizagem orienta crianças sobre alimentação saudável
- Evento Make Your Mix encerra disciplina de alunos do Programa Aprendizagem
- Evento Make Your Mix encerra disciplina de alunos do Programa Aprendizagem


Tags: Cultura de Paz, Inclusão, Poesias Construídas, Romero Brito, Senac Jardim Primavera, Senac Tiradentes, atividades culturais, desenvolvimento social, programa Aprendizagem


Últimas notícias

22/08/2019
21/08/2019
16/08/2019
Natureza e engenharia inspiram criação de moldes de flores de açúcar
15/08/2019
Aplicativo criado por alunas facilita atendimento podológico domiciliar
15/08/2019
Alunos participam de conferência de desenvolvedores da Apple na Califórnia
07/08/2019
Aprendizes compartilham possibilidades com jovens em diferentes espaços
07/08/2019
Evento Farmácia em Cena discute relação entre a saúde e a agenda da ONU
06/08/2019
Visitas a empresas apresentam novas práticas de administração a alunos
05/08/2019
Vivência apresenta possibilidades profissionais a jovens da Fundação Casa
05/08/2019
Senac Registro oferece bolsas para indígenas e quilombolas do Vale do Ribeira
05/08/2019
Sonho é para se realizar
05/08/2019
Alunos de moda produzem peças para Santa Casa de Araçatuba e vivenciam rotina de confecção
05/08/2019
O jeito de aprender que todos ganham
05/08/2019
Senac está com inscrições abertas para cursos técnicos EAD
05/08/2019
Vencer limites e agarrar oportunidades cabem em qualquer idade
05/08/2019
Organização de evento temático promove integração e novos aprendizados
02/08/2019
Centro Universitário Senac abre processo seletivo para professores
01/08/2019
Projeto em São José dos Campos instiga o interesse de alunos pela ciência
26/07/2019
Centro Universitário Senac divulga resultado do processo seletivo para professores
24/07/2019
Turmas praticam conhecimentos e levam serviços de beleza a idosos

Próximos Eventos

Instagram (@senacsaopaulo)