Home > Notícias
15/10/2015 14h01min

Exposição sobre Anne Frank recebe mais de 450 visitantes no Senac Penha

auditório e plateia

Bate-papo dos alunos com Lúcia Chermont, curadora da exposição e representante da Casa Anne Frank no Brasil

Durante o mês de setembro, os alunos e funcionários do Senac Penha encararam o desafio de desenvolver atividades em conjunto para promoção da cultura de paz para a comunidade do entorno inspirando-se na exposição Aprendendo com Anne Frank - histórias que ensinam valores, em cartaz na unidade nesse período.

Ao todo, dez turmas promoveram 15 atividades lúdicas, com destaque para encenações teatrais e musicais, para cerca de 300 estudantes de dez instituições de ensino da comunidade , entre elas as faculdades Drummond e Itaquá. A mostra contou com cerca de 450 visitantes. "Para uma região carente de exposições, a ação foi bastante significativa e trouxe aprendizagem e motivação para toda a equipe", declara Euridinéia Machado Marques, gerente do Senac Penha.

Ivete Corti Santo Silva, coordenadora do programa Aprendizagem da unidade, ressalta: "nosso objetivo foi engajar nossos jovens no repúdio às correntes preconceituosas que limitam a sociedade, relacionando as consequências da campanha nazista com atitudes de segregação nos tempos atuais, como o bullying, por exemplo. Devemos olhar para o passado e nos perguntar o que deve ser feito para a construção de uma sociedade igualitária, em que todos tenham os mesmos direitos assegurados".

Já a aprendiz do Centro de Integração Empresa-Escola (Ciee), Isabela Maressa, destaca o conhecimento obtido na visita com sua turma à exposição. "A atividade foi marcante, a equipe se empenhou em nos trazer conteúdos fundamentais para a compreensão dos desdobramentos do Holocausto e contextualização do preconceito nos dias atuais", afirma.

Os visitantes da exposição também construíram em conjunto o Diário da Unidade, proposta que reuniu mais de 300 percepções sobre o legado da história da Anne Frank para a atualidade. 

O Diário de Anne Frank
Pano de fundo da exposição, o diário, escrito por Anne dos 13 aos 15 anos de idade, narra suas descobertas e anseios comuns à fase de transição para a adolescência e é reconhecido mundialmente como ícone da 2ª Guerra Mundial por retratar sua estadia no anexo secreto, esconderijo na fábrica do seu pai, em que viveu clandestinamente com sua família e mais quatro pessoas, todos judeus, até serem descobertos pela polícia nazista. Anne faleceu no campo de concentração de Auschwitz, na Polônia, em 1945, meses antes da guerra chegar ao fim.

Lúcia Chermont, curadora da exposição e representante da Casa Anne Frank no Brasil, participou de um bate-papo com os alunos sobre o Holocausto e sobre as reflexões contemporâneas da ação, evidenciando a identificação de diferentes grupos com a trajetória de Anne. "A família dela era rica, branca e tinha acesso à informação, isso não a poupou de ter seus direitos humanos destituídos pelo nazismo. Sua história chama a atenção também por simbolizar a quebra desse paradigma, provando que o preconceito não é uma característica própria de nenhuma etnia ou classe social específica, mas uma construção social aceita pela maioria para desconhecer a humanidade de um grupo, marginalizando-o", conclui.

Conheça o programa Aprendizagem e os demais cursos oferecidos pela unidade na área de desenvolvimento social.

Notícias relacionadas:
- Senac Vila Prudente integra ações de desenvolvimento social
- Senac Vila Prudente integra ações de desenvolvimento social
- Aprendizes desenvolvem práticas de responsabilidade e desenvolvimento social
- Aprendizes desenvolvem práticas de responsabilidade e desenvolvimento social
- Aprendizes desenvolvem práticas de responsabilidade e desenvolvimento social
- Aprendizes desenvolvem práticas de responsabilidade e desenvolvimento social
- Desenvolvimento social: unidades Barretos e Bebedouro promovem evento sobre a área
- Desenvolvimento social: unidades Barretos e Bebedouro promovem evento sobre a área
- Desenvolvimento social: unidades Barretos e Bebedouro promovem evento sobre a área


Tags: Anne Frank – histórias que ensinam valores, Aprendizagem, Senac Penha, desenvolvimento social, exposição


Últimas notícias

10/05/2019
10/05/2019
08/05/2019
Bombeiro compartilha experiência na operação de salvamento em Brumadinho
06/05/2019
Turma organiza evento gastronômico para praticar versatilidade de formatos
06/05/2019
Pós-graduação: Processo de Ingresso - 2º semestre 2019 está com inscrições abertas
03/05/2019
Festival organizado por alunos integra moda e arte
03/05/2019
7 dicas para manter a empresa segura no ambiente digital
03/05/2019
Turma de enfermagem acompanha procedimentos em centro cirúrgico
03/05/2019
Exposição promove reflexão sobre a beleza do envelhecimento
03/05/2019
Alunos aprofundam teorias da administração em projetos sustentáveis
02/05/2019
Com mão na massa, turmas refletem sobre logística e produção alimentícia
02/05/2019
Senac oferta cursos de cuidador de idosos em parceria com a Central Nacional Unimed
02/05/2019
Senac está com inscrições abertas para cursos de pós-graduação a distância
02/05/2019
Centro Universitário Senac abre processo seletivo para professores
26/04/2019
Alunos de logística percorrem bastidores de indústria de capacetes
23/04/2019
Senac Francisco Matarazzo completa 40 anos de história
17/04/2019
Turma de fotografia expõe registros e retratos da cidade de São Paulo
17/04/2019
Aprendizes realizam ações com foco no mercado de trabalho
17/04/2019
Alunos de confeitaria apresentam receitas das cinco regiões brasileiras
16/04/2019
Barba, cabelo e bigode: alunas vivenciam profissão em nicho em expansão

Próximos Eventos

Instagram (@senacsaopaulo)