Cursos Técnicos

Técnico em Segurança do Trabalho

Formar profissionais técnicos para atuarem na prevenção de acidentes e doenças ocupacionais em empresas privadas e públicas, órgãos públicos de administração direta e indireta e dos poderes legislativos e judiciário. O técnico de segurança do trabalho contribui tanto para a manutenção da saúde e da integridade física dos funcionários como para a sustentabilidade da empresa que precisa cumprir com as exigências legais e gerenciar os riscos das atividades.
Nesse sentido, o curso desperta o espírito empreendedor do aluno e o capacita para atuar, operacionalizar e coordenar as atividades de saúde e segurança do trabalho, criar a cultura de saúde e segurança do trabalho em clientes e colaboradores, proporcionar experiências bem sucedidas, melhoria contínua e sustentabilidade da empresa.
Carga horária: 1200 horas

Pré-requisito
Para matrícula na Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio, o (a) candidato (a) deve estar cursando, no mínimo, a 2ª série do Ensino Médio.
Escolaridade mínima: cursando 2º ano do ensino médio
Curso Técnico em Segurança do Trabalho

Mercado de Trabalho

Em um país que figura entre os que mais registram acidentes de trabalho no mundo, a contratação do técnico de segurança do trabalho é obrigatória para algumas empresas, de acordo com o risco da atividade exercida e a quantidade de funcionários. Porém, as organizações têm buscado esse profissional para que além de cumprir as exigências legais, também demonstre a preocupação com atuação de uma empresa cidadã e socialmente responsável, que investe na saúde, segurança e qualidade de vida de seus colaboradores.
Independente do segmento da empresa em que o profissional irá desempenhar suas atividades, o técnico em segurança do trabalho atua em prol da melhoria contínua das condições de trabalho e do desenvolvimento de atitudes conscientes e seguras nas equipes. Ao gerenciar e reduzir os níveis de risco e proporcionar proteção aos trabalhadores, contribui para o aumento da produtividade e da competitividade das organizações.
Para isso, o técnico em segurança do trabalho realiza projetos de educação para prevenção de risco à saúde e à segurança, controle de perdas humanas e de perdas por danos à propriedade e ao meio ambiente. Ele faz inspeções de segurança, investiga acidentes de trabalho, emite relatórios e promove treinamentos para o uso adequado de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), além de instalar, orientar e treinar a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa).

Ato de Autorização

Conselho Regional do Senac São Paulo, conforme Resolução nº 23/2015, de 27/10/2015.

Público-alvo

Interessados em atuar na área de segurança do trabalho.

Método

O curso privilegia atividades práticas e participação ativa dos alunos por meio de estudos de caso, apresentação de seminários, interação com especialistas do mercado, visitas técnicas, trabalho de campo e vivência de contextos similares às condições reais de trabalho por exemplo, treinamento em pista de incêndio.
No decorrer do curso, sob orientação dos docentes, os alunos desenvolvem um projeto de intervenção em uma empresa real, no qual fazem o diagnóstico dos riscos ocupacionais e elaboram um plano com sugestões de melhorias.

Estágio

No presente curso, o estágio não é obrigatório.
O aluno que optar pelo estágio, poderá iniciá-lo após conclusão da Unidade Curricular 1. A carga horária do estágio deverá ser de, no mínimo, 240 horas e se encerrar no máximo até o final do curso.

Programa

Certificação

Àquele que concluir com aprovação todas as unidades curriculares que compõem a organização curricular desta Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio e comprovar a conclusão do Ensino Médio, é conferido o diploma de Técnico em Segurança do Trabalho, com validade nacional.

Documentos para Matrícula

Para matrícula na Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio, o (a) candidato (a) deve estar cursando, no mínimo, a 2ª série do Ensino Médio

Documentos:
- RG (cópia simples).
- CPF (apresentação do original).
- Certificado ou Histórico Escolar de conclusão do Ensino Médio ou outros documentos educacionais que comprovem a conclusão do Ensino Médio (apresentação do original e cópia simples ou cópia autenticada), ou
- Declaração de escola, comprovando estar cursando a escolaridade mínima exigida (original).
As inscrições e as matrículas serão efetuadas conforme cronograma estabelecido pela Unidade, atendidos os requisitos de acesso e nos termos regimentais.

Matrículas abertas! Clique na unidade de seu interesse para conhecer valores, datas e horários.

 
Confira outras Unidades com Inscrições Abertas para este curso.
 
O Senac reserva-se o direito de alterar o número de vagas, datas, horários ou cancelar o programa.

Quer ser informado sobre novas turmas? Selecione a unidade e registre seu interesse.

 

Outras informações sobre o curso

Vídeos relacionados

 
Tags
técnico em segurança do trabalho, curso técnico em segurança do trabalho, curso de segurança do trabalho, formação técnica de segurança do trabalho, TST, curso tst, curso de tst sp, curso técnico em segurança do trabalho sp, mercado para técnico em segurança do trabalho, atuação do técnico em segurança do trabalho, técnico de segurança do trabalho, curso instrutor de brigadista, o que faz um técnico em segurança do trabalho